Foram cumpridos 44 mandados em três cidades de Mato Grosso, quatro em Minas Gerais e dois em São Paulo

Agência Brasil

A Polícia Federal deflagrou nesta quinta-feira (29) a Operação Soberba para desarticular uma organização criminosa de tráfico internacional de cocaína que agia a partir de Mato Grosso. Treze mandados de prisão foram expedidos. A operação abrange ainda os Estados de Minas Gerais e São Paulo.

As investigações foram iniciadas há cerca de um ano. A polícia descobriu que a droga era obtida na Bolívia e tinha como principal destino o Estado de Minas Gerais. Havia também ramificações em Portugal e na Espanha. O grupo criminoso era financiado por um doleiro de Cuiabá, que usava uma empresa de turismo de fachada, em São Paulo, para movimentar o dinheiro, informou a Polícia Federal.

Foram cumpridos 44 mandados em três cidades de Mato Grosso, quatro em Minas Gerais e dois em São Paulo. Onze mandados são de prisão preventiva, dois de prisão temporária, 13 de condução coercitiva e 18 de busca e apreensão. O bloqueio das contas bancárias e o sequestro dos bens dos investigados foram determinados pela Justiça Federal.

No período de investigações, cinco pessoas foram presas em flagrante. A polícia apreendeu 218 quilos de pasta base de cocaína, além de dinheiro e veículos.

Com  base  em  Mato  Grosso,  quadrilha  agia  também  em  Minas  Gerais  e em  São  Paulo
Arquivo/Agência Brasil
Com base em Mato Grosso, quadrilha agia também em Minas Gerais e em São Paulo


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.