Estações de trem em SP sofrem depredação após interrupção de serviço

Por Agência Brasil |

compartilhe

Tamanho do texto

Falha na CPTM aconteceu após queda de passarela de pedestres sobre a linha Safira, na zona leste da capital

Agência Brasil

As estações USP Leste e Comendador Ermelino, da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), funcionam normalmente nesta manhã (8). Os locais foram alvo de depredação na noite de ontem (7) por passageiros que se revoltaram com a interrupção do serviço.

Segundo a assessoria de imprensa da CPTM, o forte temporal que atingiu a capital paulista derrubou, às 18h, o guardacorpo de uma passarela de pedestres inativa sobre a Linha 12-Safira, próximo à Estação Itaim Paulista, na zona leste.

Com isso, a operação foi totalmente suspensa e retomada apenas às 4h de hoje (8). Foram disponibilizados 50 ônibus do Plano de Atendimento entre Empresas de Transporte em Situação de Emergência (Paese).

Revoltados, alguns usuários depredaram as duas estações, USP Leste e Comendador Ermelino, da  Linha 12-Safira. Vidros, catracas e outras estruturas ficaram totalmente destruídos. A CPTM ainda não estimou o prejuízo financeiro.

Grupo de passageiros depredou catracas e lojas na Estação Ermelino Matarazzo da CPTM após falha na noite de quarta (7)
Rogerio Cavalheiro/Futura Press
Grupo de passageiros depredou catracas e lojas na Estação Ermelino Matarazzo da CPTM após falha na noite de quarta (7)


Leia tudo sobre: cptmtremtransporte públicoigsp

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas