Turista italiana foi morta por estrangulamento, aponta laudo

Por Cristiane Capuchinho - iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Polícia Civil não trabalha com a hipótese de latrocínio

A turista italiana Gaia Molinari, 29 anos, encontrada em Jijoca de Jericoacoara (CE) foi morta por asfixia devido a estrangulamento, segundo apontou o laudo da necrópsia.

Um suspeito foi identificado e detido na tarde de sexta-feira (26) e liberado após ser ouvido por não existir indícios suficientes para a prisão em flagrante, informou a Polícia Civil.

Reprodução/Facebook
Corpo de turista italiana Gaia Molinari foi encontrado em Jijoca de Jericoacoara (CE)

Inicialmente, a polícia descarta a hipótese de latrocínio. O exame que pode identificar se ela foi estuprada ainda não ficou pronto.

A mãe da italiana já estaria a caminho do Brasil para liberação do corpo, que está no Instituto Médico Legal de Fortaleza. A informação foi publicada pelo jornal local O Povo.

Entenda

O corpo de Gaia foi encontrado na tarde do último dia 25 com graves ferimentos em uma trilha que leva à Pedra Furada, importante ponto turístico da cidade.

Segundo informações da Polícia Civil, Gaia Molinari, natural de Piacenza, chegou a Fortaleza no último dia 16 e foi para Jericoacoara no dia 21, acompanhada de uma amiga carioca. Ela deveria ter deixado a cidade no dia 24.

Nas redes sociais, a italiana publicou fotos do Brasil a partir de novembro.

Leia tudo sobre: cearáturismocrime

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas