Temporais deixam um morto, dois feridos e 605 desabrigados no ES

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

De acordo com a Defesa Civil do Estado, Vitória registrou na quinta-feira o maior volume de chuva de todo o ano de 2014

Enquanto a população paulista sofre com a maior estiagem de que se tem conhecimento na história neste mês de outubro, o Estado vizinho do Espírito Santo teve um dia de pesadelo na quinta-feira (30), com o maior temporal do ano na região.

Defesa Civil do Espírito Santo/Divulgação
Mulher caminha tentando se proteger de temporal em Vitória, na tarde de quinta-feira

De acordo com a Defesa Civil capixaba, uma pessoa morreu, duas ficaram feridas e um total de 605 acabaram desabrigadas após chover em menos de um dia 181,4 mm no Norte do Estado e na Grande Vitória.

Novo Horizonte, no município de Serra, e Guaraná, na cidade de Aracruz, tiveram os maiores indíces pluviométricos acumulados ao longo de 24 horas: 385,24 mm e 304,76 mm, respectivamente. 

Entre os desabrigados, 433 foram enviados a abrigos e outros 172 se dirigiram a casas de parentes. As cidades mais atingidas foram Vitória, Serra, Aracruz, Fundão, São Mateus, Linhares e São Domingo do Norte.  

A Defesa Civil orienta a população a abandonar residências no caso de surgirem rachaduras nas paredes ou barulhos estranhos; a evitar áreas alagadas, terrenos acidentados e locais com fiação elétrica exposta; a não reconstruir no mesmo local casas destruídas pelas chuvas; e a limpar bem locais atingidos por enchentes para evitar o alastramento de doenças.

Leia tudo sobre: chuvastemporaisvitóriaespírito santoestiagem

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas