Sequestrador de Brasília é transferido para a Penitenciária da Papuda

Por Agência Brasil |

compartilhe

Tamanho do texto

. Jac Souza dos Santos, de 30 anos, teve a prisão em flagrante convertida em prisão preventiva nesta quarta-feira

Agência Brasil

O homem que, por quase oito horas, manteve refém um funcionário de um hotel na área central de Brasília na última segunda-feira (30) foi transferido na manhã de hoje (3) para o Complexo Penitenciário da Papuda. Jac Souza dos Santos, de 30 anos, teve a prisão em flagrante convertida em prisão preventiva nesta quarta-feira (1º) pelo Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios.

Sequestrador libera refém após 8h de negociações em Brasília

Mais: Homem invade hotel em Brasília e faz refém com suposto colete-bomba

Algemado, Jac Souza dos Santos é retirado or policiais de hotel após manter homem refém por 8 horas em Brasília, nesta segunda-feira (29). Foto: José Cruz/Agência BrasilHomem invade hotel em Brasília e faz refém com suposto colete-bomba. Foto: Agência BrasilHomem invade hotel em Brasília e faz refém com suposto colete-bomba. Foto: Agência BrasilHomem mantém refém com explosivos amarrados ao corpo em hotel em Brasília
. Foto: Marcel Frota/iG BrasíliaHomem mantém refém com explosivos amarrados ao corpo em hotel em Brasília
. Foto: Marcel Frota/iG BrasíliaHomem mantém refém com explosivos amarrados ao corpo em hotel em Brasília
. Foto: Marcel Frota/iG Brasília

O advogado Carlos André Nascimento disse que entrou com pedido de liberdade provisória para Santos e, segundo ele, o recurso deve ser submetido à análise do Ministério Público. A decisão da Justiça sai em até duas semanas. Santos responde pelo crime de cárcere privado e por ter causado grande sofrimento psicológico à vítima. Se condenado, pode cumprir pena de dois a oito anos de reclusão.

Na segunda-feira, o sequestrador se hospedou no Hotel Saint Peter por volta das 8h30. Subiu ao 13º andar, bateu na porta dos apartamentos mandando que as pessoas deixassem o prédio. Dizia que se tratava de uma ação terrorista, e mantinha um funcionário refém. O sequestro terminou após quase oito horas, quando ele se entregou à polícia.

Leia tudo sobre: sequestrobrasíliasequestradorhotel

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas