Bombeiros buscam 11 desaparecidos em naufrágio no Mato Grosso do Sul

Por Agência Brasil | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Estão desaparecidos oito passageiros e três tripulantes. Cinquenta homens fazem o trabalho de resgate

Agência Brasil

O Corpo de Bombeiros e a Marinha retomaram, no início da manhã de hoje (26), as buscas às 11 pessoas desaparecidas no naufrágio de um barco-hotel, no Rio Paraguai, no Pantanal de Mato Grosso do Sul. Três corpos já foram resgatados. A embarcação afundou por volta das 17h30 (18h30 no horário de Brasília) da quarta-feira (24), em Porto Murtinho, a 444 quilômetros a oeste de Campo Grande.

Mais dois corpos são encontrados em barco que afundou em Mato Grosso do Sul

De acordo com o Corpo de Bombeiros, 16 turistas e dez tripulantes estavam no barco paraguaio, chamado Sonho do Pantanal, na hora do acidente. Durante as buscas de quarta-feira, 12 pessoas foram resgatadas.

O comandante da corporação em Porto Murtinho, tenente Landis Dorneles Pereira, informou que todos os turistas eram do Paraná. Estão desaparecidos oito passageiros e três tripulantes. Cinquenta homens fazem o trabalho de resgate, dos quais 14 são mergulhadores do Corpo de Bombeiros de Mato Grosso do Sul e seis da Marinha paraguaia. “A forte correnteza e a água escura do rio dificultam as buscas”, disse.

Segundo a corporação, o acidente ocorreu durante uma tempestade, com ventos até 93 quilômetros por hora. A embarcação, que continua submersa, afundou em uma região do Rio Paraguai em que a profundidade chega a 20 metros.

Leia tudo sobre: MarinhaRio ParaguaiPantanalMato Grosso do Sul

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas