Primeiro culto, às 10h, será comandado pelo pastor Renato Cardoso, genro de Edir Macedo, dizem fontes da Universal

A presidente Dilma Rousseff e o governador paulista Geraldo Alckmin participaram da inauguração do Templo de Salomão em 31 de julho, em SP: após calendário de inauguração, grande público poderá visitar o supertemplo mediante reserva de vaga
Divulgação/Igreja Universal
A presidente Dilma Rousseff e o governador paulista Geraldo Alckmin participaram da inauguração do Templo de Salomão em 31 de julho, em SP: após calendário de inauguração, grande público poderá visitar o supertemplo mediante reserva de vaga

Inaugurado há pouco menos de um mês, o Templo de Salomão, no Brás, viveu uma intensa agenda para convidados selecionados. Delegações religiosas de outros países, políticos, pastores e fiéis com posição privilegiada na hierarquia da Igreja Universal fizeram parte de um time restrito, escolhido para conhecer em primeira mão a suntuosidade abrigada nos mais de 100 mil metros quadrados de área construída. 

Tudo muda nesta sexta-feira (22), quando as enormes portas trabalhadas em cobre se abrirão para o público em geral. Engana-se, no entanto, quem acredita que basta aparecer na frente do portão de metal que delimita o terreno de 35 mil metros quadrados na esquina da Avenida Celso Garcia com Rua João Boemer, no Brás, Zona Norte de São Paulo.

Confira imagens do Templo de Salomão:

Tanto para esta sexta como para os cultos subsequentes, há duas formas de garantir entrada: ou o fiel interessado em participar de caravanas turísticas agenda o programa com antecedência média de dois meses e paga o valor mínimo de R$ 40 (para os moradores do Centro de São Paulo), ou, caso queria visitar o supertemplo por conta própria, deve agendar a data da visita em uma das igrejas da Universal.

A pulseira que dará acesso ao primeiro culto do primeiro dia de visita aberta ao público: item obrigatório para os atendentes (21.08)
Bruna Talarico/ iG
A pulseira que dará acesso ao primeiro culto do primeiro dia de visita aberta ao público: item obrigatório para os atendentes (21.08)

Os 10 mil frequentadores de cada culto precisarão seguir algumas recomendações. Uma delas é a de levar consigo a pulseirinha de papel plastificado que atesta o dia e o horário reservados. A segunda consiste em chegar ao Templo de Salomão com pelo menos duas horas de antecedência: o prazo garante que todos consigam seus lugares e também que as revistas sejam realizadas sem transtorno. Bolsas e quaisquer outros acessórios serão retidos em uma chapelaria: nada, além da roupa do corpo, poderá entrar no Templo com os fiéis.

Supertemplo da Universal escancara fragilidade de paróquia centenária em SP

O primeiro culto, realizado às 10h desta sexta-feira (22), consistirá em uma reunião de libertação. A cerimônia segue o calendário praticado nas outras unidades da IURD, que determina uma pregação específica para cada dia da semana. Fontes do iG asseguram que o pastor Renato Cardoso, genro de Edir Macedo, será o celebrante. Há duas semanas, Cardoso protagonizou um vídeo em que orientava as fiéis sobre a vestimenta que deve ser utilizada na visita. 

Templo de Salomão pede a mulheres que esqueçam a legging e a estampa de animal

Outro culto está previsto para o final do dia, às 19h. O cronograma segue com o jejum das causas impossíveis no sábado (23), às 10h; duas reuniões voltadas para a família e a vida espiritual no domingo (24), às 10h e às 18h; e a concorrida corrente pela vida financeira, batizado de Congresso Empresarial pela própria Igreja Universal do Reino de Deus, que acontece segunda (25), às 15h, e se repete às 22h.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.