Gugu, Collor, Pelé: veja famosos que passaram pela clínica de Roger Abdelmassih

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Preso na terça-feira, ex-médico chegou a ser considerado maior especialista em técnicas de fertilização in vitro no País

Para quem observa agora, parece distante. Mas não faz muito tempo que Roger Abdelmassih foi considerado o maior especialista em técnicas de fertilização in vitro no País, o que atraiu diversas personalidades para seu consultório, localizado em abastado bairro da capital paulista.

Leia mais:
Roger Abdelmassih é hostilizado por vítimas e curiosos ao desembarcar em SP

Entre os diversos conhecidos nomes que buscaram a clínica para tentar ter filhos estão Edson Arantes do Nascimento, o Pelé; a atriz Luíza Tomé; o humorista Tom Cavalcante; o senador Renan Calheiros; e o ex-presidente da República Fernando Collor de Melo.

Confira na galeria abaixo:

Roger Abdelmassih realizou tratamentos de fertilização in vitro em diversos famosos - incluindo para o nascimento de filhos de Pelé; veja outros casos. Foto:  O ex-presidente da República Fernando Collor de Melo foi um dos que levaram a mulher para tratamento com o ex-médico, que se autointitulava Doutor Vida. Foto: CRISTINA GALLO/AGÊNCIA SENADOOutro político que passou pela clínica de Abdelmassih foi o senador Renan Calheiros . Foto: Antonio Cruz/ABr – 3.7.2013O humorista Tom Cavalcante também levou a mulher à clínica do ex-médico, que chegou a cobrar R$ 38 mil pelos tratamentos de fertilização in vitro. Foto: Rede Record/DivulgaçãoA atriz Luíza Tomé passou pela clínica do ex-médico, que foi preso após três anos como fugitivo, no Paraguai. Foto: AgNewsO apresentador Gugu Liberato foi outro que procurou o ex-médico para realizar o sonho de ser pai; Abdelmassih foi condenado a 278 anos de prisão por 52 estupros. Foto: Record/Divulgação

Foragido desde 2011, quando foi considerado culpado pela Justiça por 52 estupros e atentados violentos ao pudor contra pacientes, Abdelmassih foi preso em Assunção, capital do Paraguai. Ele foi detido perto da escola dos filhos por agentes ligados à Secretaria Nacional Antidrogas do país, em uma ação com apoio da PF brasileira. O ex-médico vivia na cidade com a mulher, Larissa, e suas duas crianças.

Nesta quarta-feira (20), o ex-médico desembarcou no Aeroporto de Congonhas, em São Paulo, onde foi submetido a exame de corpo delito antes de ser transferido à Penitenciária de Tremembé II. Ele foi condenado a 278 anos de prisão.

Leia tudo sobre: roger abdelmassihigsp

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas