Ana Maria Duarte foi assassinada em Goiânia no dia 14 de março. Crime pode ter relação com suposto Serial Killer

Os familiares da assessora parlamentar Ana Maria Duarte, 26, ofereceram uma recompensa no valor de R$ 10 mil para quem tiver informações precisas que levem a prisão do assassino da jovem.

Ana Maria foi morta no dia 14 de março na porta de uma lanchonete após uma suposta tentativa de assalto. A mulher estava acompanhada do noivo e de uma amiga quando um homem em uma moto atirou na vítima e deixou o local sem levar nada.

As denúncias podem ser feitas através do disque denúncia da polícia civil no número 197 ou pelo comparecimento a Delegacia de Homicídios de Goiânia.

O caso é um dos 12 inquéritos investigados pela Polícia Civil de Goiás. O objetivo é desvendar as motivações e a autoria de uma sequência de crimes que aconteceram desde janeiro na capital de Goiás. A polícia não confirma que exista um serial killer, mas a hipótese não foi descartada.

Leia também: Vídeo mostra motociclista suspeito de matar menina em Goiânia

Mais: Polícia procura possível serial killer que teria matado 12 mulheres em Goiânia

Confira fotos de algumas das vítimas:

Manifestação

Familiares e amigos das 12 jovens assassinadas em Goiânia desde janeiro deste ano realizarão uma manifestação na praça Cívica , no centro da cidade, no próximo sábado (9). Até o final da tarde de terça-feira (5), mais de 30 mil pessoas haviam confirmado presença no evento criado nas redes sociais.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.