Família retirada de escombros de prédio em Aracaju continua internada

Por Agência Brasil | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

De acordo com o médico que acompanha o caso, o estado de saúde das três vítimas que sobreviveram é considerado estável

Agência Brasil

As três vítimas resgatadas do desabamento de um prédio, no bairro Coroa do Meio em Aracaju, continuam internadas no Hospital de Urgência de Sergipe (Huse), informou hoje (21) a assessoria da instituição. O corpo do bebê de 11 meses, que sofreu uma parada cardiorrespiratória e morreu a caminho do hospital, permanece no necrotério da unidade.

As quatro pessoas foram retiradas dos escombros com vida por volta do meio-dia de ontem (20), após passar 30 horas soterradas. O edifício de quatro andares, ainda em construção, desabou na madrugada de sábado (19), quando uma forte chuva atingia a cidade. O pai trabalhava na obra e passava a noite no local com a mulher e os dois filhos.

Prédio residencial de quatro andares em construção desaba em Aracaju

Bombeiros resgatam vítimas de desabamento de prédio em Aracaju (20/07)
. Foto: Futura PressBombeiros resgatam vítimas de desabamento de prédio em Aracaju (20/07). Foto: Futura PressBombeiros resgatam vítimas de desabamento de prédio em Aracaju (20/07). Foto: Futura PressPrédio em construção desaba no bairro Coroa do Meio em Aracaju(20/07). Foto: Futura PressBombeiros tentam resgatar família soterrada em prédio há mais de 30 horas (20/07). Foto: Futura Press

De acordo com o médico Johnson Lucas Marques, que acompanha o caso, o estado de saúde das três vítimas que sobreviveram é considerado estável, diz a nota do hospital. Vanice de Jesus, de 31 anos, está orientada e consciente. Os exames realizados não apresentaram alteração.

Josevaldo da Silva, de 24 anos, também está estável, orientado e consciente. Ele passou por exames clínicos e radiológicos, que não apresentaram alteração, e continua em observação na Área Vermelha do Huse.

Veja também:

Bombeiros localizam vítimas de desabamento de prédio em Aracaju

Bombeiros resgatam vítimas de desabamento em Aracaju; bebê de 11 meses morre

Segundo as informações do hospital, Josevaldo é natural de Pão de Açúcar, em Alagoas, mas residia em Aracaju desde criança. Há dois anos, saiu da casa da mãe, localizada no bairro Santos Dumont, e foi para o bairro Coroa do Meio, onde trabalhava. Segundo ele, a mãe desconhecia que ele morava no prédio em construção.

Os dois adultos serão transferidos para a Área Verde Trauma ainda esta tarde e, de acordo com o médico Johnson Lucas Marques, devem receber alta hospitalar em 24 horas.

A filha mais velha do casal, de 8 anos, recebeu alta da Área Vermelha na noite de ontem, e foi internada no Pronto-Socorro Pediátrico do Huse. Seu estado de saúde é considerado estável, está reagindo bem ao tratamento e já começa a se alimentar. Ela está sendo acompanhada pela avó materna.

Vanice, mãe das crianças, recebeu a notícia de que o bebê havia falecido ontem à noite, por volta das 22 h. Ela foi informada pela equipe médica da unidade. Bastante abalados com a notícia, os pais foram acolhidos pelos psicólogos do hospital.

Participaram da operação de resgate da família equipes do Corpo de Bombeiros, Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, da Força Nacional, Defesa Civil Municipal e Estadual, Petrobras, Secretaria de Estado da Saúde, Fundação Hospitalar de Saúde, Polícia Militar e Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) de Aracaju.

O prédio residencial seria entregue aos proprietários e locatários dentro de dois meses e, segundo o Corpo de Bombeiros, a causa do desabamento será investigada e o laudo deverá ficar pronto em até 30 dias.

Leia tudo sobre: desabamentoaracajuprédiobebêmorte

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas