Bombeiros resgatam vítimas de desabamento em Aracaju; bebê de 11 meses morre

Por Agência Brasil | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Quatro membros da mesma família permaneceram sob os escombros ao longo de mais de 30 horas, segundo corporação

Agência Brasil

O Corpo de Bombeiros de Sergipe resgatou na manhã deste domingo (20) quatro vítimas do desabamento de um prédio em construção na capital Aracaju. Um dos quatro membros da mesma família era um bebê de 11 meses que não resistiu e acabou falecendo no hospital. O edifício de quatro andares, ainda em construção, desabou na madrugada deste sábado (19), quando uma forte chuva atingia a cidade.

Bombeiros continuam resgate de família soterrada no Sergipe

Bombeiros localizam vítimas de desabamento de prédio em Aracaju

Prédio residencial de quatro andares em construção desaba em Aracaju

As vítimas são um trabalhador da obra, a mulher dele e os dois filhos do casal. Uma criança de seis anos e um dos adultos foram os primeiros a ser retirados dos escombros, seguidos do bebê de 11 meses e do outro adulto. Depois de resgatado, o bebê recebeu os primeiros socorros ainda no local. 

Bombeiros resgatam vítimas de desabamento de prédio em Aracaju (20/07)
. Foto: Futura PressBombeiros resgatam vítimas de desabamento de prédio em Aracaju (20/07). Foto: Futura PressBombeiros resgatam vítimas de desabamento de prédio em Aracaju (20/07). Foto: Futura PressPrédio em construção desaba no bairro Coroa do Meio em Aracaju(20/07). Foto: Futura PressBombeiros tentam resgatar família soterrada em prédio há mais de 30 horas (20/07). Foto: Futura Press

Segundo o assessor adjunto de comunicação do Corpo de Bombeiros, capitão Carlos Alves, o contato visual foi feito no sábado por volta das 19h30 e, na manhã de domingo, a equipe de bombeiros conseguiu acesso por um buraco, para oxigenação e hidratação das vítimas, que ficaram mais de 30 horas soterradas.

O imóvel que desabou fica na rua Poeta José Sales Campos, no bairro Coroa do Meio, na zona sul de Aracaju, perto da orla da Atalaia, um dos principais cartões-postais da capital sergipana.

Segundo o Corpo de Bombeiros, a causa do desabamento será investigada e o laudo deverá ficar pronto em até 30 dias. Durante a noite, o prefeito de Aracaju visitou o lugar do acidente para acompanhar os trabalhos de resgate.

Leia tudo sobre: PrédioAracajuresgatefamília

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas