Deslizamentos de terra em Natal já provocaram interdição de 110 casas

Por Agência Brasil |

compartilhe

Tamanho do texto

Prefeitura faz trabalho de contenção das encostas por meio de barreiras de concreto para evitar novos deslizamentos

Agência Brasil

Os deslizamentos de terra em Natal provocados pelas fortes chuvas deixaram 110 casas interditadas até o momento, das quais 36 foram destruídas, nas ruas Guanabara e Atalaia, no bairro Mãe Luíza, o mais prejudicado, segundo a Defesa Civil. As famílias que tiveram que deixar suas casas estão em casas de parentes e abrigos públicos.

Leia também: Carros são soterrados após novo deslizamento de terra em Natal

Novo deslizamento de terra atingiu três carros e uma casa no bairro de Mãe Luíza, em Natal, nesta segunda-feira (23). Foto: Futura PressSiena é soterrado em deslizamento de terra em Natal. Foto: Léo Carioca/Futura PressChuvas causam estragos em Natal, capital do Rio Grande do Norte. Foto: ReutersChuvas causam estragos em Natal, capital do Rio Grande do Norte. Foto: ReutersChuvas causam estragos em Natal, capital do Rio Grande do Norte. Foto: ReutersChuvas causam estragos em Natal, capital do Rio Grande do Norte. Foto: ReutersChuvas causam estragos em Natal, capital do Rio Grande do Norte. Foto: ReutersDeslizamento de terra arrasta carros em Natal. Foto: Futura Press

A cidade voltou a ter chuvas fortes ontem (23), quando quatro casas desabaram de madrugada, após mais um deslizamento de terra no mesmo bairro. A previsão do Instituto Nacional de Meteorologia para hoje (24) é tempo nublado, com chuva. No momento, não chove na capital potiguar, que será palco do jogo entre Itália e Uruguai, às 13h, último jogo do Estádio das Dunas nesta Copa.

Segundo o diretor do Departamento de Defesa Civil de Natal, Eugênio Soares, a prefeitura já começou o trabalho de contenção das encostas por meio da construção de barreiras de concreto para evitar novos deslizamentos.

Segundo a Secretaria Municipal de Obras Públicas e Infraestrutura, o aterramento da cratera aberta na Rua Guanabara também já foi iniciado. Com isso, cinco casas que estavam condenadas não serão mais demolidas. A prefeitura também informou que fará o reforço estrutural das residências e a reconstrução do sistema de saneamento e de drenagem nas áreas afetadas pela chuva.

Leia tudo sobre: deslizamento de terranatalchuvasinterdição

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas