Carros são soterrados após novo deslizamento de terra em Natal

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Três carros foram parcialmente soterrados e uma casa desmoronou. Ninguém ficou ferido, segundo Defesa Civil

A cidade de Natal voltou a ter chuvas fortes na madrugada e manhã desta segunda-feira (23). Com isso, a terra cedeu mais uma vez, e um novo deslizamento foi registrado na avenida Governador Sílvio Pedroza, na praia de Areia Preta, no bairro de Mãe Luíza, um dos mais afetados pelos temporais dos dias 13 e 14.

Leia também:
Dois carros ficam soterrados após deslizamento de terra em Natal (RN)
Natal decreta estado de calamidade por causa das chuvas

Novo deslizamento de terra atingiu três carros e uma casa no bairro de Mãe Luíza, em Natal, nesta segunda-feira (23). Foto: Futura PressSiena é soterrado em deslizamento de terra em Natal. Foto: Léo Carioca/Futura PressChuvas causam estragos em Natal, capital do Rio Grande do Norte. Foto: ReutersChuvas causam estragos em Natal, capital do Rio Grande do Norte. Foto: ReutersChuvas causam estragos em Natal, capital do Rio Grande do Norte. Foto: ReutersChuvas causam estragos em Natal, capital do Rio Grande do Norte. Foto: ReutersChuvas causam estragos em Natal, capital do Rio Grande do Norte. Foto: ReutersDeslizamento de terra arrasta carros em Natal. Foto: Futura Press

Pelo menos três carros foram parcialmente soterrados e uma casa desmoronou, de acordo com informações da Defesa Civil. A residência era uma das 80 moradias interditadas pelo Corpo de Bombeiros na região. Até o momento, não há registro de feridos.

Os deslizamentos de terra vêm ocorrendo com frequência na região nestes últimos dias. Na última quinta-feira (19), dois carros foram atingidos e na sexta-feira (13), um deslizamento de terra soterrou cinco carros e uma moto na Via Costeira. No dia seguinte, houve um novo deslizamento.

Por causa dos estragos, a prefeitura decretou estado de calamidade pública na última segunda-feira (16). Segundo o secretário de Segurança Pública e Defesa Social, Paulo César Ferreira, 100 casas foram atingidas desde o início dos temporais. Algumas famílias foram para a casa de parentes e outras estão abrigadas em escolas públicas.

Na sexta-feira (20), o ministro da Integração Nacional, Francisco Teixeira, visitou Natal para conferir prejuízos causados pelas chuvas. Segundo o ministro, o governo federal vai ajudar na assistência aos desabrigados e na reconstrução das áreas destruídas. O trabalho vai começar com o envio de geólogos do Serviço Geológico do Brasil para analisar o solo da região, e de soldados do Exército para recuperar as ruas que foram danificadas.

* Com Agência Brasil

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas