Além das manifestações contra o Mundial, manifestantes ligados à educação, aos sem-teto e até funcionários demitidos da iniciativa privada também foram às ruas nesta quinta-feira

Várias das cidades-sede da Copa do Mundo e outras capitais brasileiras são palco de manifestações nesta quinta-feira (15) em mais uma rodada de protestos contra os gastos realizados para a realização do Mundial. Além de descontentes com o evento, manifestantes ligados à educação, aos sem-teto e até funcionários demitidos da iniativa privada também foram às ruas.

São Paulo: Protestos fecham avenidas e rodovia

Sem-teto fecham a Radial Leste e protestam em frente ao Itaquerão

Na parte da manhã, os protestos fecharam avenidas e rodovias de São Paulo . Os manifestantes - a maioria ligada ao Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) - saíram de diversas regiões da cidade e fecharam pistas das marginais Pinheiros e Tietê, da Radial Leste, avenida Interlagos, avenida Giovanni Gronchi, ponte do Socorro e da rodovia Anhanguera. Também teve protesto em frente ao Itaquerão .



    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.