FAB retoma resgate ao avião no Pará após encontrar terceiro corpo

Por Agência Brasil | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Aeronave havia desaparecido no dia 18 de março, cerca de uma hora depois de decolar do Aeroporto de Itaituba

Agência Brasil

As equipes de busca retomam nesta segunda-feira (28) os trabalhos de resgate ao bimotor Beechcraft BE58 Baron localizado na última terça-feira (22), depois de 36 dias desaparecido no sudeste do Pará. Ontem (27) à noite, a Força Aérea Brasileira (FAB), que coordena dos trabalhos, confirmou ter encontrado um terceiro corpo nos destroços da aeronave.

Leia também: Garimpeiro encontra avião desaparecido há mais de um mês no Pará

Até o momento, não há informações sobre a identidade das vítimas. Segundo a assessoria de comunicação da FAB, os corpos foram levados ontem para o Instituto Médico-Legal do município de Itaituba para o trabalho de reconhecimento.

Reprodução/TV Globo
Mensagem de socorro de uma das passageiras a bordo de avião desaparecido no Pará

A aeronave de prefixo PR-LMN pertencia à empresa Jotan Taxi Aéreo, que prestava serviço à Secretaria Especial de Saúde Indígena, ligada ao Ministério da Saúde. De acordo com o ministério, cinco pessoas estavam a bordo: as técnicas de enfermagem Rayline Sabrina Brito Campos, Luciney Aguiar de Sousa e Raimunda Lúcia da Silva Costa, o motorista Ari Lima e o piloto Luiz Feltrin. Eles substituiriam as equipes que já prestavam atendimento às aldeias da etnia Munduruku, na região de Jacareacanga.

A aeronave havia desaparecido no dia 18 de março, cerca de uma hora depois de decolar do Aeroporto de Itaituba com destino a Jacareacanga.

O caso: Avião bimotor desaparece no Pará

Buscas: Força Aérea retoma busca por avião desaparecido no Pará

Desde a última quarta-feira (23), militares da FAB, com apoio de policiais militares paraenses, trabalham no resgate das pessoas que estavam a bordo. Apenas na sexta-feira (25) conseguiram chegar ao interior da cabine, em virtude das condições adversas do local, pantanoso e em meio à mata fechada. Além do resgate, uma equipe do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) está no local para investigar as causas do acidente.

Veja imagens dos desastres aéreos mais misteriosos do mundo:

Varig 967: o avião desapareceu no Pacífico cerca de 20 minutos após decolar do Japão rumo ao Brasil. Destroços jamais foram achados. Foto: Reprodução/YoutubeMalaysia Airlines: avião desapareceu no dia 8 com 239 pessoas a bordo para a China. Ainda não há dados concretos sobre sua localização. Foto: APMalaysia Airlines: parentes dos passageiros chineses desaparecidos choram após pedir informações sobre o sumiço da aeronave. Foto: APHelios Airways: voo 522 ia do Chipre à Grécia e caiu. Mas, segundo investigação, os 117 passageiros morreram sufocados horas antes da queda. Foto: Reprodução/YoutubeHelios Airways: investigações sobre o voo, que ia do Chipre à Grecia, afirmam que pilotos não conseguiram pressurizar a cabine. Foto: Reprodução/YoutubeSteve Fosset: americano sumiu com seu monomotor ao sobrevoar o deserto de Nevada em 2007. Destroços foram encontrados um ano depois. Foto: Getty ImagesSteve Fosset: destroços do monomotor que o aventureiro americano pilotava quando desapareceu sobre o deserto de Nevada, EUA, em 2007. Foto: Getty ImagesTrans World Airlines: voo 800 dos EUA explodiu ao decolar e as 230 pessoas a bordo morreram. Investigação aponta curto-circuito 'suspeito'. Foto: Wikimedia CommonsEgypt Air: voo 990 ia dos EUA ao Egito e caiu no Atlântico em 1999, deixando 217 mortos. EUA dizem que copiloto derrubou avião de propósito. Foto: Wikimedia CommonsB47: aeronave com material para armas nucleares sumiu no Mediterrâneo em 1956. Nem avião ou seus três tripulantes foram encontrados. Foto: Wikimedia CommonsAir France: avião caiu no Atlântico em 2009 e as caixas-pretas foram encontradas 2 anos depois. As 228 pessoas a bordo morreram. Foto: Wikimedia CommonsAer Lingus: avião irlandês sumiu em 1968 após 'algo incomum' atingir a aeronave e matar os 61 a bordo. Foto: Wikimedia CommonsTorpedeiros: na 2ª Guerra Mundial, Marinha dos EUA enviou 5 aviões com 14 tripulantes ao Triângulo das Bermudas. Eles nunca mais voltaram. Foto: Wikimedia CommonsPan Am: em 1957, voo 7 sumiu entre a Califórnia e o Havaí e foi encontrado após 5 dias. Autópsias indicaram que pessoas a bordo morreram intoxicadas. Foto: Reprodução/YoutubeVoo 571: avião uruguaio caiu nos Andes em 1972 e teve 19 sobreviventes, que recorreram ao canibalismo até ser resgatados dois meses depois. Foto: Reprodução/YoutubeStar Dust: em 1947, avião da British Avro Lancastrian caiu nos Andes da Argentina rumo ao Chile. Destroços foram descobertos 50 anos após a queda. Foto: Reprodução/YoutubeLady Be Good: avião de bombardeio saiu da Itália em 1943 e nunca mais voltou à base na Líbia. Soube-se, 15 anos depois, que sua rota foi alterada. Foto: Reprodução/YoutubeAmelia Earhart: 1ª mulher a pilotar avião que cruzou o Atlântico, desapareceu em 1937 no Pacífico e foi declarada morta 2 anos depois. Foto: © APTiger Line 739: em 1962, o voo saiu da ilha de Guam, EUA, com 90 a bordo rumo às Filipinas e nunca mais foi encontrado. Foto: Reprodução/YoutubeVittorio Missoni: estilista italiano e sua família morreram a bordo de um avião venezuelano. Eles só foram encontrados 6 meses após o acidente. Foto: Getty Images


Leia tudo sobre: queda de aviãopará

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas