Polícia detém 11 pessoas em protestos no Entorno do DF

Por Agência Brasil |

compartilhe

Tamanho do texto

Manifestação foi contra má qualidade do transporte público da região. Grupo colocou fogo em ônibus para interditar via

Agência Brasil

Depois de uma manhã de protestos contra a má qualidade do transporte público do Entorno do Distrito Federal (DF), cerca de 300 manifestantes entraram em confronto com a Polícia Militar na DF-290, próximo a Céu Azul em Valparaíso 2 – município goiano a cerca de 40 quilômetros da região cental de Brasília. Parte da BR-040, uma das principais vias de acesso ao DF, ficou interditada durante a manhã. Até o início da tarde, 11 pessoas foram presas e encaminhadas à 33ª Delegacia de Polícia, em Santa Maria, cidade do Distrito Federal.

Além de queimar ônibus, os manifestantes fizeram barricadas. A situação ficou mais tensa depois que a Tropa de Choque PM entrou em ação para desmontar as barricadas. Pedras e fogos de artifício foram jogados nos policiais, que revidaram com gás. Policiais de Goiás também participaram da operação.

Segundo o motorista da ViaçãoAnapolina (Vian), empresa que atua no local, Manoel Bertozo Oliveira, 40 anos, o problema começou por volta das 4h, quando os funcionários da empresa, insatisfeitos por não receber salário, recusaram-se a sair da garagem, que está fechada desde sexta-feira. “A população se revoltou por isso e porque os nossos ônibus não têm a menor condição de circular. Já dirigi veículos quase sem freio, como pneu liso, que depois até estourou, e com o banco escorado com madeira. A insatisfação é muito grande e se recusar a sair com ônibus desse jeito eles descontam três dias do pagamento.”

Leia tudo sobre: políciaentorno do dfpresosprotestos

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas