Número de mortes nas rodovias federais no carnaval cai de 157 para 155 neste ano

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, queda no número de mortes é de 6% se for levada em conta o aumento na frota de veículos em comparação com o ano passado

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou 155 mortes de pessoas em acidentes nas estradas federais durante a operação de carnaval de 2014. Ao todo, foram registrados 3.201 acidentes, com 1.823 pessoas feridas, entre 0h de sexta-feira (28) e a 0h desta quinta-feira (06).

Leia também:
Cresce número de vítimas nas rodovias estaduais de São Paulo no carnaval

Esses números, segundo a PRF, representa uma redução de 9% no número de acidentes, de 16% na taxa de feridos e 6% no índice de óbitos em relação a 2013, levando em conta o aumento na frota de veículos registrado na mesma época.

As colisões frontais continuaram liderando o ranking de mortes, com 43% dos casos, em 61 acidentes. Para a corporação, isso decorre das ultrapassagens mal realizadas nas vias de pista simples, predominantes na malha federal. Depois vieram os atropelamentos (22 acidentes), colisões transversais (15 acidentes) e saídas de pista (14 ocorrências).

De acordo com as análises estatísticas da PRF, as principais causas da violência no trânsito durante o carnaval foram a embriaguez ao volante, a ultrapassagem proibida e o excesso de velocidade. Assim, o esforço de fiscalização focou nesses segmentos e também na fiscalização de motocicletas.

Embriaguez

Durante o período de carnaval, 217.365 veículos foram fiscalizados, 69.251 testes de alcoolemia realizados e 201.391 pessoas abordadas, entre condutores e passageiros. Em consequência da fiscalização, 1.650 condutores foram autuados por dirigir sob efeito de álcool ou por recusa em soprar o etilômetro. 406 foram presos por crime de embriaguez ao volante.

Leia tudo sobre: prfacidentescarnavalferiado

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas