Governo não consegue administrar doações para vítimas das chuvas

Por Agência Estado |

compartilhe

Tamanho do texto

Chuvas deixaram 21 mortos no ES e 18 em MG; os dois estados já somam mais de 50 mil desalojados

Agência Estado

As chuvas no Espírito Santo e em Minas Gerais já deixaram 39 vítimas e mais de cerca de 51 mil desalojados nos dois Estados.  A situação é mais grave no Espírito Santo, com 21 mortes confirmadas e mais 48.601 pessoas que tiveram de sair de suas casas, mas o governo capixaba está com dificuldade de gerenciar a quantidade de donativos principalmente dos moradores de Vitória.

Conheça a home do Último Segundo

Ontem, embora não tenha chovido, a Secretaria de Estado da Assistência Social suspendeu as doações ao peder que moradores parassem de enviar alimentos e, principalmente, roupas. Apenas um caminhão, com água, deixou o centro de donativos da Praça do Papa. "Natal é dia de ficar com a família, mas acho que todos somos uma única grande família. Por isso, quis vir", disse a fotógrafa Leane Barros, de 29 anos, uma das centenas de voluntários que estavam na praça. Quem apareceu para oferecer ajuda foi orientado a preencher um cadastro de voluntários.

Leia também: Moradores resistem para deixar casas no interior do ES

Chuva ainda causa estragos e alagamentos em Serra (ES) nesta terça-feira (24/12). Foto: Flávio GSouza/Futura PressDilma Rousseff sobrevoa áreas atingidas pela chuva no Espírito Santo (24/12). Foto: Roberto Stuckert Filho/PR Chuva causou estragos e alagamentos na rodovia ES-010, na cidade de Serra (23/12). Foto: Alex Gouvêa/Futura PressAlagamentos no bairro Jacaraípe, em Serra (ES. Defesa Civil oferece apoio aos atingidos (23/12). Foto: Alex Gouvêa/Futura PressSegundo a Defesa Civil, uma pessoa morreu no domingo, no município de Itaguaçu (22/12). Foto: Defesa Civil/ESEstado do Espírito Santo foi atingido por forte chuvas no final de semana; mais de 40 mil deixaram suas casas (21/12). Foto: Defesa Civil/ES


Ao todo, 50 municípios estão em situação de emergência. Há localidades nos municípios de Santa Leopoldina, Baixo Guandu, Itaguaçu e Itarana em que o acesso ocorre apenas de helicóptero. As mortes foram registradas nas cidades de Itaguaçu (oito casos), Colatina (seis) e Baixo Guandu (quatro), além de Domingos Martins, Barra de São Francisco e Nova Venécia, com uma morte em cada.

Ajuda federal: Dilma visita região afetada pela chuva no Espírito Santo

Segundo a prefeitura de Vitória, cerca de 2 mil voluntários circulam por dia no centro de doações, que estava fechado ontem. A estimativa é de que já tenham sido distribuídas mais de mil toneladas de doações - há ainda outras mil em estoque.

O Estado tem apenas dez caminhões do Exército para fazer o atendimento por terra aos municípios. O grosso do frete é feito por caminhões particulares, cedidos por empresas, em geral empresários conhecidos dos políticos locais, e por pessoas físicas.

O envio de repasses federais para os estados atingidos pelas chuvas deve ser agilizado. O Diário Oficial da União publicou nesta quinta (26) a medida provisória que, na prática, agiliza o repasse de verbas para a execução de ações de resposta e recuperação nas áreas atingidas por desastres e sobre o Fundo Especial para Calamidades Públicas. A MP altera a Lei nº 12.340, de 1º de dezembro de 2010, que dispõe sobre as transferências de recursos da União aos órgãos e entidades dos estados, do Distrito Federal (DF) e dos municípios.

Entre as alterações está a que determina que a transferência de recursos para a execução de ações de prevenção em áreas de risco de desastres, de resposta e de recuperação em áreas atingidas por desastres aos órgãos e entidades dos estados, do DF e dos municípios terá que ser feita por meio de depósito em conta específica mantida pelo ente beneficiário em instituição financeira oficial federal.

Destino
O secretário de Estado da Assistência Social, Helder Salomão, disse que a avaliação é de que é preciso fazer as doações chegarem aos desabrigados. Cerca de 5 mil pessoas estão vivendo em abrigos - o restante está com parentes e amigos.

"Nossa equipe auxiliou Santa Catarina e o Rio de Janeiro quando esses Estados enfrentaram situação semelhante. Lá, o estoque de material doado durou anos. Aqui, as próprias cidades atingidas estão conseguindo trocar doações. O que precisamos, no entanto, ainda é de barcos leves para auxiliar o resgate a quem ainda está nas casas alagadas", afirmou o secretário. 

Minas Gerais
Um deslizamento de terra em Juiz de Fora (MG) matou  Maria Conceição Aparecida do Nascimento, de 50 anos, e elevou para 18 o número de vítimas no Estado. 

No momento do desabamento, também estava na casa Maria Helena Marta, de 50 anos, que foi resgatada com ferimentos e levada para o Pronto Socorro da cidade. Até agora o balanço das ocorrências no estado durante o período chuvoso registra também seis pessoas feridas, 3.410 desalojadas e 744 desabrigadas. Os danos materiais somam 6.148 casas danificadas e 67 destruídas, além de 137 obras de infraestrutura danificadas e 41 destruídas.

A previsão é que a chuva continue nos dois estados durante esta quinta-feira.


Leia tudo sobre: minas geraisespírito santochuvas

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas