Segundo a Defesa Civil, aumentou para 40.150 o nº de pessoas que precisaram deixar suas casas no Estado

A Defesa Civil do Espírito Santo confirmou, nesta segunda-feira (23), que mais uma pessoa morreu por causa das chuvas que atingem o Estado. Com isso, sobe para seis o número de vítimas fatais. 

Conheça a home do Último Segundo

A morte aconteceu na noite de domingo (22) no município de Itaguaçu, que foi fortemente afetado por enxurrada e deslizamentos de terrra. As outras mortes aconteceram em Colatina, Nova Venécia, Baixo Guandu, Paraju e duas em Itaguaçu.

Ainda segundo a Defesa Civil, aumentou para 40.150 o número de pessoas, em todo o Estado, que precisaram deixar suas casas. Foram 5.307 desabrigados (estão em abrigos municipais) e 34.843 desalojados (que foram para casa de parentes e amigos). Há registro de 45 pessoas feridas. 

O governo decretou situação de emergência em todas as áreas afetadas por desastres decorrentes das últimas chuvas.

Subiu para 45 o número de municípios mais afetados e são: Santa Leopoldina, Santa Tereza, Venda Nova do Imigrante, São Gabriel da Palha, Cariacica, Viana, Vila Velha, Serra, Vitória, Afonso Claudio, Itaguaçu, Conceição do Castelo, Itarana, Muniz Freire, Santa Leopoldina, Santa Maria de Jetibá, Castelo, Laranja da Terra, Vargem Alta, Agua Doce do Norte, Águia Branca, Alto Rio Novo, Aracruz, Baixo Guandu, Barra de São Francisco, Colatina, Conceição da Barra, Ecoporanga, Fundão, João Neiva, Linhares, Ibiraçu, Mantenópolis, Nova Venécia, Pancas, Rio Bananal, São Domingos do Norte, São Mateus, Vila Pavão, Vila Valério, Bom Jesus do Norte, Cachoeiro de Itapemirim, Guarapari, Ibatiba e Jeronimo Monteiro.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.