Revalida aprova 94% dos médicos que fizeram a segunda etapa

Por Agência Brasil |

compartilhe

Tamanho do texto

50 brasileiros estão entre os 109 profissionais aprovados; a primeira fase do exame teve índice recorde de reprovação

Agência Brasil

Pouco mais de 94% dos médicos que fizeram a segunda etapa do Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos Expedidos por Instituição de Educação Superior Estrangeira (Revalida) de 2013 foram aprovados e poderão exercer a medicina no Brasil. Dos 111 médicos que fizeram a segunda etapa, 109 foram aprovados, entre eles, 50 brasileiros.

Conheça a home do Último Segundo

1ª Fase: Menos de 10% dos médicos são aprovados na primeira fase do Revalida

Este ano, o teste teve o maior índice de reprovação na primeira etapa, desde que começou a ser aplicado, em 2011. Dos 1.595 candidatos que fizeram a prova, 155, ou 9,72%, passaram para a segunda etapa.

Os participantes já podem conferir no site do Inep o resultado das provas de habilidades clínicas. Depois do Brasil, Bolívia e Colômbia, com 22 e seis aprovados, respectivamente, encabeçam a lista de países de origem do maior número de médicos que passaram no exame e que terão o diploma revalidado.

Leia também:

Mais de 2 mil estrangeiros começam a chegar a todos os Estados

"Não é coragem, é dever", diz Dilma ao sancionar lei do Mais Médicos

Dilma pede desculpas por "imenso constrangimento" a médico cubano vaiado

O Revalida é aplicado a médicos que se formaram fora do Brasil e querem atuar no país. Os participantes do Programa Mais Médicos foram dispensados de passar pelo exame, o que gerou crítica das entidades médicas. As universidades podem aderir ao Revalida ou instituir o próprio exame. Em 2013, o Revalida teve a adesão de 37 universidades públicas.

Leia tudo sobre: revalidamais médicosmédicosmedicina

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas