Mar fica agitado com ondas de até 3 metros na costa

Nuvens de chuva vão se formar desde Santa Catarina passando pelo Sudeste, Centro Oeste até o Norte. De acordo com a Climatempo, só não deve chover pelo interior do Nordeste e na faixa litorânea entre o Maranhão e Salvador. No domingo, o tempo fica seco nas três capitais da Região Sul.

Confira a previsão do tempo na sua cidade

O destaque deste fim de semana fica por conta da dos fortes centros de baixa pressão atmosférica, associados a ciclones extratropicais que passam sobre o oceano nos próximos dias, ao largo da costa da Argentina. Os centros de baixa pressão geram ventos fortes e causam a elevação do mar, gerando grandes ondas em alto-mar, mas que avançam pela costa do Sul, do Sudeste e até do Nordeste.

Veja abaixo como fica a previsão na sua Região:

Região Sudeste:

Nesta sexta-feira (06) a chegada de uma nova frente fria deixa o tempo instável na região Sudeste. Em Minas Gerais e Rio de Janeiro o dia começa com sol, mas a nebulosidade aumenta no decorrer do dia e ocorrem pancadas de chuva, que em alguns momentos pode ser forte, alertam meteorologistas da Climatempo. Em São Paulo e Espírito Santo o dia será com muitas nuvens intercalando períodos de sol e chuva a qualquer hora. O mar começa a subir.

No sábado (07) áreas de instabilidade ganham força sobre o Sudeste deixam o tempo mais instável em Minas Gerais, Rio de Janeiro e Espírito Santo. Nessas regiões o sol aparece entre muitas nuvens e chove a qualquer hora. No norte Mineiro e fluminense há risco de temporal acompanhado de descargas elétricas. Em São Paulo o dia começa com névoa que logo se dissipa e dá lugar ao sol. Há previsão de pancadas de chuva rápida à tarde. O mar fica agitado com risco de ressaca com ondas de 2m a 3m.

No domingo (08) essas áreas de instabilidade ganham mais força no Espírito Santo, centro de Minas, incluindo triangulo Mineiro e a capital Belo Horizonte. Nessas áreas há previsão de chuva forte e volumosa acompanhada de raios. No norte do Espírito Santo o dia fica instável. No Rio de Janeiro e São Paulo o dia amanhece com névoa que logo se dissipa e da lugar ao sol. Há previsão de pancadas de chuva rápida no período da tarde. No domingo, dia 8, o litoral do Rio de Janeiro ainda fica sujeito a ressaca na madrugada e manhã. No Espírito Santo, o mar sobe e fica agitado no domingo.

Região Sul

Nesta sexta-feira (06) as áreas de instabilidade perdem força sobre o Rio Grande do Sul e o dia começa com névoa que logo se dissipa e dá lugar ao sol sem expectativa de chuva. Uma área de instabilidade que avança sobre Santa Catarina e Paraná deixa a manhã chuvosa no Vale do Itajaí, Curitiba e litoral paranaense. À tarde a chuva diminui, mas o céu continua nublado com pouca chuva nestas áreas. Nas demais áreas o sol aparece entre muitas nuvens e chove a qualquer hora do dia. O mar fica mais agitado e há risco de ressaca. As ondas poderão alcançar até 3 metros em praias do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina. Na região de Florianópolis e no litoral norte catarinense, o mar fica muito agitado durante a tarde

No sábado a maior parte do estado gaúcho, inclusive a capital, região serrana, leste catarinense e paranaense terão um dia de sol sem chuva. Nas demais regiões o sol aparece entre nuvens e por causa do forte aquecimento ocorrem pancadas de chuva de forma isolada á partir da tarde. Há risco de ressaca também no sábado nas praias da região.

No domingo (08), o sol brilha forte e não chove na capital gaúcha, região de serra, todo o leste catarinense e paranaense. Novas áreas de instabilidade aumentam as condições de chuva nas áreas de fronteira do Rio Grande do Sul. Em Uruguaiana, o dia começa instável com chuva a qualquer hora. Nas demais áreas o sol aparece as nuvens aumentam e ocorrem pancadas de chuva de forma isolada. No domingo as ondas diminuem nas praias da região.

Região Sudeste:

Nesta sexta-feira (06) a chegada de uma nova frente fria deixa o tempo instável na região Sudeste. Em Minas Gerais e Rio de Janeiro o dia começa com sol, mas a nebulosidade aumenta no decorrer do dia e ocorrem pancadas de chuva, que em alguns momentos pode ser forte, alertam meteorologistas da Climatempo. Em São Paulo e Espírito Santo o dia será com muitas nuvens intercalando períodos de sol e chuva a qualquer hora. O mar começa a subir.

No sábado (07) áreas de instabilidade ganham força sobre o Sudeste deixam o tempo mais instável em Minas Gerais, Rio de Janeiro e Espírito Santo. Nessas regiões o sol aparece entre muitas nuvens e chove a qualquer hora. No norte Mineiro e fluminense há risco de temporal acompanhado de descargas elétricas. Em São Paulo o dia começa com névoa que logo se dissipa e dá lugar ao sol. Há previsão de pancadas de chuva rápida à tarde. O mar fica agitado com risco de ressaca com ondas de 2m a 3m.

No domingo (08) essas áreas de instabilidade ganham mais força no Espírito Santo, centro de Minas, incluindo triangulo Mineiro e a capital Belo Horizonte. Nessas áreas há previsão de chuva forte e volumosa acompanhada de raios. No norte do Espírito Santo o dia fica instável. No Rio de Janeiro e São Paulo o dia amanhece com névoa que logo se dissipa e da lugar ao sol. Há previsão de pancadas de chuva rápida no período da tarde. No domingo, dia 8, o litoral do Rio de Janeiro ainda fica sujeito a ressaca na madrugada e manhã. No Espírito Santo, o mar sobe e fica agitado no domingo.

Região Centro-Oeste:

Nesta sexta-feira (06) o avanço de uma frente fria favorece u aumento das áreas de instabilidade em todo o Centro-Oeste do país. O tempo fica instável em Goiás, Mato Grosso do Sul, leste e sul de Mato Grosso. Nestas áreas o sol aparece entre muitas nuvens e ocorrem pancadas de chuva a qualquer hora do dia. Meteorologistas da Climatempo alertam para o risco de temporal acompanhado de descargas elétricas no sul de Mato Grosso do Sul. Nas demais áreas de Mato Grosso, inclusive na capital, o sol aparece entre nuvens e chove rápido a tarde.

No sábado (07), as áreas de instabilidade ficam concentradas sobre a região de Vera, no Mato Grosso e em Goiás. Nestas áreas pode chover forte e de forma volumosa com raios. Nas demais áreas o dia será de sol e pancadas rápidas de chuva no período da tarde.

No domingo (07) a instabilidade persiste sobre Goiás, Distrito Federal e o leste de Mato Grosso. Nestas áreas, ainda há risco de chuva a qualquer hora do dia com potencial para descargas elétricas. Nas demais áreas da região faz bastante sol, calor e chove a partir da tarde.

Região Nordeste:

Na sexta-feira (06) áreas de instabilidades ganham força no Nordeste do País. O sol aparece pouco e chove várias vezes ao longo do dia entre o sul do Maranhão e centro-oeste da Bahia. Nas cidades próximas a Bom Jesus da Lapa e Barreiras há risco de temporal acompanhado de descargas elétricas. O sol brilha forte e não chove entre o litoral do Maranhão e Salvador. Nas demais áreas o sol aparece e ocorrem pancadas de chuva no período da tarde.

No sábado (07) as áreas de instabilidade persistem sobre o sul e centro-oeste da Bahia e no sul do Piauí e Maranhão. Nestas áreas o sol aparece entre muitas nuvens e ocorrem pancadas de chuva a qualquer hora. No litoral de Recife e em Salvador sol forte e calor com pancadas de chuva à tarde. Nas demais áreas, inclusive nas áreas de agreste e sertão não há previsão de chuva.

No domingo (08) o ar seco ganha força no Nordeste do país e as pancadas de chuva ficam concentradas sobre o sul, oeste e o interior da Bahia, sul e oeste do Maranhão e sul do Piauí, mas de forma rápida sem grandes volumes. No interior predomina o tempo seco.

Região Norte:

Na sexta-feira (06) áreas de instabilidades associadas ao ar quente e úmido formam muitas nuvens carregadas que provocam chuva ao longo do dia em Roraima, no sudeste do Pará, no Tocantins e norte do Amazonas. Nas demais áreas da Região, o sol aparece entre nuvens e o tempo abafado provoca chuva a partir da tarde.

No sábado (07) a instabilidade perde força sobre o Norte do país. O sol aparece entre muitas nuvens no sul do Pará e no Tocantins.Ainda há previsão de chuva a qualquer hora do dia. Nas demais áreas da Região, faz muito sol, calor e chove a partir da tarde.

No domingo (08) o ar quente e úmido que atua no Norte do país e forma muitas nuvens sobre o Acre e sudoeste do Pará. Nestas áreas, ocorrem pequenas aberturas de sol, chove a qualquer hora. No Amazonas e nas demais áreas da região o sol aparece forte, e ocorrem pancadas de chuva à tarde.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.