Suspeita de bomba interrompe produção em plataforma de petróleo no Rio

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Marinha foi avisada sobre a existência de uma caixa com material suspeito de ser explosivo no Campo do Frade, mas investigação mostra que material era inofensivo

A Marinha do Brasil informou por nota ter sido avisada por volta das 19h deste sábado (30) sobre a existência de uma caixa com material suspeito de ser explosivo a bordo da plataforma petrolífera do Frade, na Bacia de Campos, a 230 km de Macaé (RJ). Por causa disso, as operações na plataforma chegaram a ser interrompidas.

Conheça a nova home do Último Segundo

Na manhã deste domingo (1º), porém, exames constataram que se tratava de material inerte e sem dispositivo detonador. Foi aberto inquérito sobre o incidente, mas a produção na plataforma continua interrompida. O órgão informou que as operações foram retomadas às 13h de hoje. 

Três embarcações - os navios patrulha Amazonas e Gurupá e a corveta Barroso - foram deslocados para a região, assim como equipes de mergulhadores de combate, fuzileiros navais, policiais federais e a Coordenadoria de Recursos Especiais da Polícia Civil do Rio.

Em nota, a Marinha diz que o alarme falso não causou nenhum incidente. "Até o momento, não existem registros de acidentes pessoais. A segurança da navegação e a salvaguarda da vida humana estão asseguradas. Não ocorreu poluição hídrica".

*Com informações da Agência Estado

Leia tudo sobre: Marinhapetróleocampo de frade

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas