Fim de semana será marcado por chuva em grande parte do Brasil

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Há risco de temporais no Sudeste, Centro-Oeste e Norte. No Sul, a precipitação dá uma trégua e o ar polar volta a ganhar força em parte da região

Neste fim de semana, a passagem de uma frente fria pela costa brasileira e a formação de uma VCAN (Vórtice Ciclônico em Altos Níveis) favorecem a formação de muitas áreas de chuva sobre o País.

Confira a previsão do tempo para a sua cidade

No Sul, a precipitação dá uma trégua e o ar polar volta a ganhar força em parte da região. Nos três Estados, a madrugada será marcada por temperatura amena. No Sudeste, no Centro-Oeste e no Norte, há risco iminente para temporais. No Nordeste, as condições de chuva aumentam em áreas de agreste e sertão.

Veja abaixo a previsão completa para a sua região:

Sudeste

Nesta sexta-feira (22), a passagem de uma frente fria pelo litoral do Sudeste muda o tempo em grande parte da região. No leste de São Paulo, no extremo sul do Rio de Janeiro, áreas próximas à Paraty, e no sul de Minas Gerais, o céu fica nublado com chuva ao longo do dia. Nas demais áreas paulistas, no centro-sul fluminense, inclusive na capital e no triângulo mineiro, o sol aparece breve em alguns momentos, mas sempre entre muitas nuvens. Nestas áreas, a Climatempo alerta para o risco de temporal acompanhado de descargas elétricas e rajadas de vento. A possibilidade de queda de granizo não está descartada. Pelo interior mineiro e em localidades que fazem divisa com Goiás, no norte do Rio e no centro-sul capixaba, o sol aparece mais forte e a chuva está prevista a partir da tarde, mas de forma isolada. Nas demais áreas, o ar seco predomina, faz calor e não chove.

No sábado (23), o deslocamento da frente fria favorece o aumento da instabilidade sobre a região. No leste mineiro, no Rio de Janeiro e no centro-sul do Espírito Santo, a chuva acontece ao longo do dia e há risco de temporais. No leste paulista, o céu fica nublado com períodos de garoa. No norte de São Paulo, no sul, no triângulo e oeste de Minas Gerais, a nebulosidade predomina intercalando aberturas de sol e a chuva acontece a qualquer hora. Nas demais áreas da região, o sol aparece sempre em meio a algumas nuvens e não chove. Nestas áreas, a temperatura sobe e faz calor.

No domingo (24), a frente fria chega ao Espírito Santo e muda o tempo no Estado, inclusive no leste mineiro e no norte do Rio de Janeiro. Nestas localidades, o céu fica nublado com chuva a qualquer hora, que pode ser forte em alguns momentos. No noroeste e no interior de Minas Gerais e nas demais cidades do Rio, a chuva acontece a qualquer hora e intercala alguns períodos de melhoria. No Vale do Rio Doce, no triângulo mineiro e no centro-norte paulista, o sol aparece mais forte e, por causa do aquecimento e a alta umidade, as nuvens se formam facilmente e ocorrem pancadas de chuva isoladas. No litoral paulista, inclusive em Santos, os ventos úmidos que sopram do oceano mantêm o céu encoberto com chuviscos. Nas demais áreas, o ar seco ganha força e o tempo fica firme.

Sul

Nesta sexta-feira (22), após a passagem de uma frente fria, a nebulosidade predomina em parte do Sul do Brasil. Em Curitiba e em Paranaguá, o céu fica nublado com chuva ao longo do dia. No norte do Paraná e no centro-leste de Santa Catarina, a nuvens predominam intercalando aberturas de sol e a chuva acontece a qualquer hora. Nas demais áreas da região, o ar seco ganha força e o sol aparece, mas sempre entre algumas nuvens e não chove. O amanhecer será marcado por temperatura amena e, ao longo da tarde, faz um pouco de calor nos três Estados. Por causa do deslocamento deste sistema, as rajadas de vento podem ser fortes na região.

No sábado (23), o ar seco de origem polar ganha cada vez mais força e inibe a formação de nuvens de chuva em grande parte do Sul do País. Porém, na capital e no litoral paranaense, os ventos úmidos que sopram do oceano deixam o céu nublado com períodos de garoa. Nas demais localidades, inclusive em Porto Alegre e em Florianópolis, o sol aparece entre algumas nuvens e não há previsão de chuva. A madrugada segue amena na região, principalmente no Rio Grande do Sul, Santa Catarina e sul do Paraná.

No domingo (24), a umidade que vem do oceano mantém o céu nublado com chuviscos no litoral paranaense. Em Curitiba, Vale do Itajaí e em Florianópolis, o sol aparece entre algumas nuvens e não chove. Nas demais áreas, o ar seco mantém afastadas as nuvens de chuva e o dia será de predomínio de sol. À tarde, a temperatura sobe lentamente nos três Estados.

Centro-Oeste

A passagem de uma frente fria ao largo do continente influencia o tempo em parte do Centro-Oeste do País, nesta sexta-feira (22). Porém, sul e oeste do Mato Grosso do Sul, o ar polar que acompanha este sistema favorece a dissipação de grande parte da nebulosidade e, desta forma, o sol aparece e não chove. No Distrito Federal e no centro-norte de Goiás, o forte aquecimento e a disponibilidade de umidade ajudam a formar nuvens e as pancadas ocorrem a partir da tarde. Nas demais localidades, a chuva acontece a qualquer hora e pode ser forte em alguns momentos. A Climatempo não descarta o risco de queda de raios e rajadas de vento.

No sábado (23), o ar seco ganha força, inibe a formação de nuvens de chuva e o sol brilha forte em Estado do Mato Grosso do Sul. No extremo norte de Goiás, as nuvens se forma com facilidade, por causa do calor e da alta umidade do ar. Assim, ocorrem pancadas de chuva isoladas. Nas demais áreas, a nebulosidade predomina. A Climatempo mantém o alerta para chuva forte e que pode acumular grandes volumes.

No domingo (24), no norte do Mato Grosso do Sul e no sul do Goiás, com o aquecimento e a alta umidade do ar, a chuva acontece de forma rápida e isolada. Nas demais cidades sul-mato-grossenses, inclusive na capital, Campo Grande, o ar seco mantém as nuvens afastadas e não chove. Nas demais áreas, a nebulosidade mantém as condições para chuva a qualquer hora. A Climatempo não descarta o risco de temporais em alguns momentos.

Norte

Nesta sexta-feira (22), o sol aparece em todo o Norte do Brasil. No Tocantins, leste e norte do Pará, no Amapá e em Roraima, o aquecimento e a alta umidade do ar ajudam a formar nuvens e ocorrem pancadas de chuva isoladas. Nas demais áreas, a nebulosidade predomina intercalando aberturas de sol e a chuva acontece a qualquer hora. De acordo com os meteorologistas da Climatempo, as pancadas mais significativas ficam concentradas no sul do Amazonas e do Acre e em Rondônia, onde os volumes a serem acumulados podem ser elevados.

No sábado (23), a nebulosidade predomina e a chuva acontece a qualquer hora na maior parte do Pará, oeste do Tocantins e em Roraima. Nas demais áreas, inclusive em Palmas, o forte aquecimento e a alta umidade do ar favorecem a formação de nuvens de chuva e as pancadas ocorrem de forma isolada. Os meteorologistas da Climatempo informam que há risco de temporal em pontos isolados.

No domingo (24), o sol brilha forte no centro-oeste do Acre, centro-norte e oeste do Amazonas, no norte do Pará e no Amapá. Porém, ao longo da tarde, o tempo quente, úmido e abafado favorece a formação de nuvens e ocorrem pancadas de chuva isoladas. Nas demais áreas do Norte, a nebulosidade predomina. A Climatempo alerta para temporal acompanhado de queda de raios e rajadas de vento. A chuva pode ser volumosa.

Nordeste

Nesta sexta-feira (22), o ar seco mantém o tempo firme em todo o Estado da Bahia, no sul do Piauí e em Sergipe. Nas demais áreas, a formação de VCAN (Vórtice Ciclônico em Altos Níveis) favorece a formação de nuvens, que provocam chuva a partir da tarde, mas de forma isolada e passageira. A temperatura sobe rápido e faz calor em todos os Estados da região.

No sábado (23), o ar seco predomina na faixa litorânea entre Alagoas e Fortaleza e, desta forma, o sol brilha forte e não chove. Nas demais localidades, o VCAN favorece as pancadas de chuva ao longo do dia, e os volumes a serem acumulados podem ser elevados em algumas localidades, inclusive em áreas de agreste e sertão, informam os meteorologistas da Climatempo.

No domingo (24), o ar seco se restringe aos Estados de Alagoas, centro-leste de Pernambuco, na Paraíba e no Rio Grande do Norte, onde o sol aparece e não chove. No leste da Bahia, centro-norte do Piauí e do Maranhão e no Ceará, as nuvens se formam a partir da tarde e estão previstas pancadas de chuva isoladas. Nas demais áreas, a nebulosidade ganha força por causa da presença do VCAN. A chuva acontece a qualquer hora e podem ser fortes em alguns momentos.

Leia tudo sobre: previsão do tempo

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas