Bebê indígena pode ter mão amputada por erro médico

Por Agência Estado |

compartilhe

Tamanho do texto

Erro ocorreu durante aplicação do soro. Bebê está internado há quase 40 dias em hospital em Rio Branco

Agência Estado

Uma criança indígena de oito meses pode ter a mão amputada devido a um erro durante aplicação de soro. A criança deu entrada no hospital público de Santa Rosa do Purus, um dos municípios mais isolados do Acre.

O quadro de saúde piorou e a mão da criança começou a necrosar. O bebê teve que ser transferido para o Hospital da Criança, em Rio Branco, onde está há quase 40 dias.

Conheça a nova home do Último Segundo

Os pais Bristo Lopes Nonato Kaxinawá e Maria Pinheiro Kaxinawá não falam bem o português. "A prioridade agora é cuidar da criança", afirmou o assessor de imprensa da Secretaria de Estado de Saúde de Acre (Sesacre), Diego Tenutti. "Estamos fazendo tudo o que for possível e necessário para cuidar dela agora".

A gerente da Divisão de Saúde das Populações Prioritárias, Zilmar Cândido, não foi encontrada pela assessoria da Sesacre para se pronunciar sobre o caso. Quase 40 dias após o incidente, a Secretaria de Saúde ainda não instaurou um inquérito administrativo para apurar responsabilidades.

Leia tudo sobre: bebêerro médicoacre

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas