Explosão atingiu edifício das Comunicações e Transportes. Andares do prédio foram tomados pela fumaça

Uma explosão seguida por muita fumaça esvaziou o prédio que abriga os Ministérios das Comunicações e dos Transportes, na Esplanada dos Ministérios, em Brasília, nesta quinta-feira (24). Segundo o Corpo de Bombeiros, 30 pessoas passaram mal com a concentração de fumaça no piso térreo. 

Conheça a nova home do Último Segundo

Dessas pessoas, 16 foram levadas ao hospital e apenas duas mulheres, uma grávida e uma com hipertensão permanecem em observação. Segundo funcionários, o ministro dos Transportes César Borges estava no prédio no início do incêndio e precisou da ajuda de servidores para deixar o edifício e ir embora. Já ministro Paulo Bernardo (Comunicações) não estava no prédio.

Ainda segundo os bombeiros, o princípio de incêndio ocorreu devido a uma explosão em uma subestação da Companhia de Energia de Brasilia (CEB) no subsolo do edifício que tem 9 andares.

Pessoas são socorridas após explosão em Brasília
Reprodução/ Twitter @kellymatos
Pessoas são socorridas após explosão em Brasília

De acordo com o tenente-coronel Mauro Sérgio de Oliveira, a Defesa Civil e os bombeiros estão fazendo uma perícia para saber se será necessário interditar o local ou se amanhã ele estará preparado para receber os funcionários, embora os ministérios ainda estejam sem energia.

Em fevereiro, aconteceu um acidente semelhante no mesmo prédio. O Corpo de Bombeiros do Distrito Federal confirmou, na época, que houve um pequeno estouro na subestação da Companhia Energética de Brasília (CEB) localizada no subsolo do prédio.

2012: Homem morre após explosão de gerador no Ministério do Esporte em Brasília

No fim de 2012, outro imprevisto foi registrado na Esplanada . Em 15 de novembro, feriado do Dia da Proclamação da República, uma explosão no subsolo do Ministério do Esporte matou um funcionário da CEB e deixou outro ferido, com queimaduras de segundo grau.

* Com AE

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.