Lote 123 do produto Pipoca Nacional, da marca Brasileira, foi proibida por excesso de aflatoxina, que pode ser tóxico

Agência Brasil

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu a distribuição e venda do Lote 123 do produto Pipoca Nacional, da marca Brasileira. O motivo é o excesso de aflatoxina, substância que, se consumida em grande quantidade, tem potencial tóxico.

Leia também:
Anvisa proíbe distribuição de lote do ketchup Heinz e Procon convoca empresa
Anvisa proíbe venda de mais de 30 produtos cosméticos eróticos

A determinação está em resolução da Anvisa publicada na edição desta quinta-feira (24) do Diário Oficial da União.

O lote suspenso tem data de fabricação de 1°de abril de 2013 e vencimento em 1° de março de 2014.

O teor de aflatoxinas, superior ao limite máximo permitido, foi constatado em laudo emitido pelo Instituto Octávio Magalhães, da Fundação Ezequiel Dias, de Minas Gerais.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.