No feriado do dia 7 de setembro, treinamento dos pilotos e troca de aviões tiram Esquadrilha da Fumaça do desfile

Agência Estado

Marinha, Exército, Aeronáutica e organizações de segurança pública levarão 1.850 militares e civis para o desfile do Dia da Independência de 2013, na Esplanada dos Ministérios. Essa é apenas a fatia dos que desfilarão a pé em Brasília no sábado (7). Além disso, as Forças Armadas levarão 105 viaturas. Não haverá, no entanto, apresentação da Esquadrilha da Fumaça, mas a presença de outros aviões está assegurada.

Entre os carros leves e blindados, estarão presentes Urutu, Cascavel, o lançador de foguetes Astro 2020 e a viatura Gepard, de artilharia antiaérea. O encerramento contará com cerca de cem cavalos do 1º Regimento de Cavalaria de Guardas, conhecido como Dragões da Independência, e de outras unidades das Forças Armadas. Esse detalhamento do desfile de sábado, em Brasília, foi apresentado pela assessoria do Ministério da Defesa.

2012:  Desfiles em Brasília atraem cerca de 50 mil pessoas

Esquadrilha da Fumaça se apresenta sobre a Esplanada dos Ministérios
Fellipe Bryan Sampaio
Esquadrilha da Fumaça se apresenta sobre a Esplanada dos Ministérios

A Esquadrilha da Fumaça, entretanto, não fará parte do desfile de 2013 por causa do processo de substituição dos aviões T-27 (Tucano) pelo A-29 (Super Tucano). De acordo com o Ministério da Defesa, os pilotos da Esquadrilha estão em treinamento e somente em 2014 o grupo poderá participar. A última apresentação da Esquadrilha, antes da aposentadoria do Tucano, ocorreu em março, no Pontão do Lago Sul, na capital federal.

Em contrapartida, aparelhos como o cargueiro C-130, o caça F-5 e o A-1 farão sobrevoos na Esplanada dos Ministérios. Haverá apresentação de quatro aviões de caça supersônicos F-2000 Mirage do 1º Grupo de Defesa Aérea e dois de ataque A-1 do Esquadrão Adelphi. O desfile aéreo será finalizado com os KC-130, do Esquadrão Gordo, que simulam reabastecimento em voo de F5 ou A1.

O desfile está previsto para começar às 9h10 e vai durar uma hora e dez minutos. Se for considerado também o trajeto da presidente Dilma Rousseff do trecho onde passará em revista às tropas até o palanque oficial, o desfile terá duração de uma hora e 30 minutos. A mobilização, no entanto, começará às 7h30.

Este ano, os alunos das escolas militares desfilarão no bloco das respectivas Forças. Assim, os alunos da Escola Naval, com sede no Rio, estarão alinhados com a Marinha. Os cadetes da Academia Militar das Agulhas Negras (Aman), situada em Resende (RJ), entram na Esplanada dos Ministérios com as tropas do Exército. Já os alunos da Academia da Força Aérea (AFA), localizada em Pirassununga (SP), desfilam com os militares da Aeronáutica. Isso tornará possível um desfile mais compacto.

A "pirâmide humana" do Batalhão de Polícia do Exército (PE) de Brasília também estará na Esplanada neste sábado. A equipe quebrou recentemente o recorde mundial, com 47 militares sobre uma única motocicleta, destaca o ministério. Já a parte mecanizada da Marinha contará com viaturas blindadas como os carros Lagarta Anfíbio, duas viaturas blindadas M-113, dois carros de combate SK 105 A2S e duas blindadas Piranha.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.