Polícia encontra jovem desaparecida após chacina em Goiás

Por Agência Estado |

compartilhe

Tamanho do texto

Familiares suspeitam de que o namorado de Hélen Martins, que está foragido, tenha assassinado os jovens

Agência Estado

A Polícia Militar de Goiás encontrou e apreendeu a adolescente Hélen Martins, de 16 anos, desaparecida desde o dia 19 de agosto. Hélen é considerada testemunha essencial para esclarecer a morte de quatro colegas, encontrados mortos a tiros, em Aparecida de Goiânia, cidade vizinha da capital Goiânia. A Secretaria de Segurança Pública do Estado confirmou nesta segunda-feira (2), que a jovem foi encontrada, mas não deu mais informações sobre a apreensão. A Polícia Civil também não confirmou se ela continua detida ou não.

Leia também: Corpos de jovens são encontrados em parque ambiental de Goiânia

A jovem e os quatro amigos estudavam juntos o 1º ano do ensino médio no Colégio Estadual José Bonifácio da Silva. No mesmo dia em que desapareceram, a polícia encontrou o corpo de Denis Pereira dos Santos, de 16 anos, com um tiro na cabeça, na Serra das Areias, reserva ambiental de Aparecida. Na segunda-feira passada, dia 26, os corpos dos outros três estudantes (Daniele Gomes da Silva e Raissa de Souza Ferreira, de 15 anos, e Neylor Henrique Gomes Carneiro, de 18) foram encontrados carbonizados em outro ponto do parque. Todas as vítimas foram mortas com disparos.

A principal suspeita de familiares das vítimas é de que o namorado de Hélen, que está foragido, tenha assassinado os jovens. O chefe do Grupo de Investigações de Homicídios (GIH) de Aparecida de Goiânia, delegado Kléber Toledo, já disse que só falará sobre o caso quando tiver a confirmação da autoria dos quatro homicídios. O Secretário de Segurança de Goiás, Joaquim Cláudio Figueiredo Mesquita, dará entrevista coletiva sobre o caso às 15h, segundo a PM.

Leia tudo sobre: goiâniagoiásassassinatobrasil

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas