Mais da metade dos brasileiros aprova contratação de médicos estrangeiros

Por Agência Estado |

compartilhe

Tamanho do texto

Importação de profissionais de saúde para trabalhar em regiões carentes faz parte do programa Mais Médicos

Agência Estado

Aumentou o porcentual de brasileiros que aprovam a contratação de médicos estrangeiros no Brasil, uma das medidas previstas pelo programa Mais Médicos. Pesquisa Datafolha realizada entre quarta (7) e sexta-feira (9) aponta que 54% dos entrevistados são favoráveis ao projeto do governo federal de trazer médicos para trabalhar em regiões onde faltam profissionais de saúde.

Leia mais:
Mais Médicos seleciona apenas 6% da demanda total de profissionais no País
Mesmo após recuo do governo, médicos protestam em São Paulo
Após 'sabotagem', governo acrescenta nova regra no Mais Médicos
Sabotagem ao programa: 45% dos inscritos têm registros inválidos

Rafael Belzunces/Futura Press
Médicos realizam passeata em São Paulo

No levantamento anterior, realizado no fim de junho, o índice de aprovação era de 47%. Na ocasião, 48% dos entrevistados eram contrários ao projeto - agora, esse porcentual caiu para 40%.

O Datafolha fez 2.615 entrevistas em 160 cidades do País. A margem de erro é de dois pontos porcentuais para cima ou para baixo. Após a primeira fase do programa, que se destinava a médicos formados no Brasil ou que já têm autorização para atuar no País, ter atendido apenas 6% da demanda dos municípios, foram abertas as inscrições para médicos que atuam no exterior.

Leia tudo sobre: GERALmédicosmédicos estrangeirossaúdeSUSprotestomanifestação

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas