Mais de trezentos cartões clonados foram encontrados na posse de apenas um dos presos

A Polícia Federal (PF) deflagrou ontem (30) a Operação Tentáculos II que desarticulou uma quadrilha especializada em clonagem de cartões de crédito e débito nas cidades de São Paulo, Florianópolis, Santos e Praia Grande. 

Leia também: Polícia Federal ataca finanças do PCC

Cartões clonados apreendidos na Operação Tentáculos II, da Polícia Federal
Divulgação/Polícia Federal
Cartões clonados apreendidos na Operação Tentáculos II, da Polícia Federal

As clonagens eram realizadas a partir da instalação de equipamentos declonagem em máquinas de cartões de estabelecimentos comerciais, em terminais bancários de autoatendimento, e também pela inserção de malware (vírus) em computadores, além de furto dos cartões enviados pelos Correios.

A partir da clonagem, a quadrilha realizava uma série de operações financeiras ilegais, como saques, compras, transferências e pagamentos de boletos. Mais de trezentos cartões clonados foram encontrados na posse de um dos presos. Também foram apreendidos computadores e veículos.

Cento e vinte policiais federais cumpriram vinte e nove mandados de busca e apreensão e quinze mandados de prisão. Três indivíduos são considerados foragidas pela PF. Os presos responderão pelos crimes de furto mediante fraude, formação de quadrilha, peculato e lavagem de dinheiro.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.