Papa vai se reunir com argentinos no Terreirão do Samba, no centro do Rio

Por Agência Estado |

compartilhe

Tamanho do texto

Nova programação foi incluída neste domingo na agenda de Francisco na Jornada Mundial da Juventude

Agência Estado

Uma nova programação foi incluída na agenda do papa Francisco, que chega ao Rio na segunda-feira (22) à tarde: o pontífice terá um encontro com os argentinos que estão na cidade para a Jornada Mundial da Juventude (JMJ). Será na quinta-feira (25), no Terreirão do Samba, na Praça Onze, centro da cidade. O local, que comporta 15 mil pessoas, fica ao lado do Sambódromo e recebe shows populares.

Segurança: Dilma checa procedimentos para visita do papa ao Brasil

O pedido do próprio papa Francisco de se reunir com seus conterrâneos foi transmitido na manhã deste domingo pelo arcebispo do Rio, Dom Orani Tempesta, ao prefeito Eduardo Paes, que se reunia com a equipe da Prefeitura no Centro de Operações Rio. Imediatamente, as secretarias municipais envolvidas na organização da jornada começaram a preparar o novo programa. O encontro do pontífice com os argentinos está previsto para depois da visita do papa à Comunidade da Varginha, na zona norte, marcada para às 11h.

Saiba mais: especial do iG faz cobertura completa da visita do papa

Uma das decisões que ainda será tomada é como será a seleção dos fiéis que poderão entrar no Terreirão. "A cidade foi invadida por argentinos, no bom sentido, e o papa pretende encontrar com eles. Nós oferecemos a Praça Onze e eu pedi que fosse em um dos dois dias em que haverá feriado na cidade (quinta e sexta)", disse o prefeito.

Programação: Veja como será o dia a dia do papa Francisco na JMJ 2013

Leonardo Maciel, presidente da Rio Eventos, empresa municipal responsável pela organização da jornada, disse que haverá uma reunião com representantes da arquidiocese para fechar os detalhes do encontro. "Essa programação acabou de aparecer. Vamos conversar com a Igreja e ver o 'modus operandi' para essa exclusividade para os argentinos. O encontro é uma vontade do papa. A gente sabia que situações como essa poderiam acontecer e estamos preparados para apresentar nosso plano a cada nova demanda", afirmou Maciel.

Reuters
Jornada Mundial da Juventude no Brasil será a primeira vez que um papa circula em carro aberto fora de Roma em mais de 30 anos

Carro aberto
No sábado (20), organizadores da viagem do papa no Vaticano se mostraram surpresos com as informações divulgadas anteontem no Rio pelas autoridades de que a chegada do pontífice havia sofrido mudanças e que, por exigência do papa, o carro fechado seria trocado por um aberto. O Vaticano negou que tenha havido mudanças e mostrou que em seu guia - pronto há uma semana - o trajeto em carro aberto sempre esteve previsto. Será a primeira vez que um papa circulará fora de Roma no jipe aberto em mais de 30 anos.

Entrevista: “Francisco é o cara que abre portas”, diz professor

Procurados pela reportagem, os responsáveis no Rio pela organização do trânsito e da segurança durante a Jornada insistiram que houve, sim, alteração. Segundo eles, o passeio do papa pelo centro em carro aberto não estava previsto na agenda oficial do Vaticano enviada às autoridades brasileiras.

A segurança do papa tem colocado o Vaticano e as autoridades brasileiras em lados opostos. Nos últimos dias, os responsáveis pela segurança se esforçaram para convencer a Santa Sé a modificar os planos. Mas não houve sucesso.

‘Francisco será lembrado como o papa Robin Hood’, diz especialista em Vaticano

Os 16 trajetos que Francisco fará durante a Jornada em seu papamóvel aberto terão durações diferentes. Alguns serão curtos, mas outros vão se prolongar por mais de 30 minutos. Um deles será de 20 minutos, entre o aeroporto de Aparecida e a Basílica, na quarta-feira. No mesmo dia, o papa estará uma vez mais no jipe, nos 3 km entre a Basílica e o Seminário Bom Jesus, por mais 15 minutos. Depois, mais uma transferência até seu helicóptero, com um trajeto de mais 4 km.

Papa Francisco é recebido por comissários durante embarque rumo ao Rio de Janeiro. Foto: ReutersPapa Francisco embarca nesta segunda-feira (22) no aeroporto internacional de Roma rumo ao Rio de Janeiro. Foto: APJovens aproveitam o domingo de sol na praia de Copacabana no domingo (21), em frente ao palco onde o papa Francisco celebrará a missa de encerramento da JMJ. Foto: Associated PressJovens jogam futevôlei em frente ao palco em que o papa Francisco realizará missa em Copacabana  . Foto: Associated PressJovens católicos se encontram na praia de Copacabana, no Rio. Foto: Associated PressVendedor aproveita movimento de peregrinos na praia de Copacabana, no Rio, para vender lembranças católicas no domingo (21). Foto: Associated PressJovens carregam cruz símbolo da JMJ na praia de Copacabana no domingo (21). Ela foi entregue aos jovens pelo Papa João Paulo II, na edição de 1983 do evento. Foto: Associated PressJovens carregam cruz símbolo da JMJ na praia de Copacabana no domingo (21). Ela foi entregue aos jovens pelo Papa João Paulo II, na edição de 1983 do evento. Foto: Associated PressPúblico observa a montagem do palco que receberá o papa Francisco na praia de Copacabana, no Rio. Foto: RICARDO MORAES/REUTERS/NewscomTrabalhadores montam o palco que receberá o papa Francisco na praia de Copacabana, no Rio. Foto: RICARDO MORAES/REUTERS/NewscomVoluntários da Jornada da Juventude orientam peregrinos nas estações de trem no Rio. Foto: Fernando Frazão/ABrCerca de 600 voluntários da Jornada Mundial da Juventude atuam nas estações de trem mais movimentadas para auxiliar os peregrinos estrangeiros. Foto: Fernando Frazão/ABrFranciscanos arrumam a sala que receberá o papa Francisco, no hospital São Francisco de Assis, no Rio de Janeiro. Foto: RICARDO MORAES/REUTERS/NewscomFranciscanos arrumam a sala que receberá o papa Francisco, no hospital São Francisco de Assis, no Rio de Janeiro. Foto: RICARDO MORAES/REUTERS/NewscomJovens esperam chegada do papa Francisco no Rio de Janeiro. Foto: RICARDO MORAES/REUTERS/NewscomFavela da Varginha, em Manguinhos, no Rio, onde o papa irá visitar a capela de São Jerônemo. Foto: RICARDO MORAES/REUTERS/NewscomPolicial da UPP de Manguinhos em frente à capela de São Jerônimo. Foto: RICARDO MORAES/REUTERS/NewscomTuristas tiram foto em frente à imagem do papa Francisco esculpida na areia da praia de Copacabana, no Rio. Foto: SERGIO MORAES/REUTERS/NewscomVista aérea do palco na praia de Copacabana, no Rio de Janeiro, para a visita do papa Francisco.. Foto: APOutra vista do palco construído na praia de Copacabana, no Rio de Janeiro, para a visita do papa Francisco.. Foto: APTendas para a visita do papa Francisco a praia de Copacabana, no Rio de Janeiro.. Foto: ReutersTrabalhadores preparando tendas na praia de Copacabana, no Rio de Janeiro, para a visita do papa durante a Jornada Mundial da Juventude.. Foto: APPreparação na praia de Copacabana, no Rio de Janeiro, para a visita do papa durante a Jornada Mundial da Juventude.. Foto: APEscultura de areia do papa Francisco feita na praia de Copacabana, no Rio de Janeiro.. Foto: ReutersÂngulo diferente da escultura do papa Francisco feita na praia de Copacabana, no Rio de Janeiro.. Foto: ReutersIgreja São Jerônimo Emiliano, em Manguinhos, no Rio de Janeiro, receberá visita do papa durante Jornada.. Foto: Futura PressBanner promovendo a Jornada Mundial da Juventude na Capela de São Jerônimo, no Rio de Janeiro, que será visitada pelo papa.. Foto: ReutersInterior da Capela de São Jerônimo, no Rio de Janeiro, que será visitada pelo papa Francisco.. Foto: ReutersBanner promovendo a chegada do papa ao Rio de Janeiro na Capela de São Jerônimo, que será visitada pelo papa Francisco.. Foto: ReutersCrianças empinando pipa em cima da Capela de São Sebastião, no Rio de Janeiro, será visitada pelo Papa durante a Jornada Mundial da Juventude.. Foto: ReutersCrianças em cima da Capela de São Sebastião, na favela de Varginha, em Manguinhos, no Rio de Janeiro, que será visitada pelo papa durante a Jornada Mundial da Juventude.. Foto: ReutersPeças de latão e banhadas a ouro que serão usadas na missa do papa na Igreja São Sebastião, no Rio de Janeiro.. Foto: Futura PressFavela de Varginha, em Manguinhos, no Rio de Janeiro, que será visitada pelo papa durante a Jornada Mundial da Juventude.. Foto: ReutersCampo de futebol na favela de Varginha, em Manguinhos, no Rio de Janeiro, que será visitado pelo papa durante a Jornada Mundial da Juventude.. Foto: ReutersVeículo que será utilizado pelo papa Francisco durante a Jornada Mundial da Juventude, no Rio de Janeiro.. Foto: ReutersBonequinhos do papa Francisco vendidos por R$ 5 na Cinelândia, no Rio de Janeiro.. Foto: Futura PressRelógios digitais da avenida Paulista anunciando a Jornada Mundial da Juventude.. Foto: Futura PressPreparação dos kits para os peregrinos que acompanharão o papa durante a Jornada.. Foto: Futura PressVista aérea da casa em Sumaré, onde o papa Francisco ficará hospedado durante a Jornada no Rio de Janeiro.. Foto: Reuters



Leia tudo sobre: jmjjmj 2013jornada mundial da juventudepapapapa francisco

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas