Uma das preocupações da organização era não danificar árvores e o calçadão de Copacabana

A orla de Copacabana está quase pronta para receber os fiéis que são esperados para a Jornada Mundial da Juventude. Além dos eventos oficiais que contarão com a presença do Papa Francisco, o palco principal será usado para apresentar a Via Sacra, no dia 26 de julho. O espetáculo conta a história dos últimos passos de Jesus Cristo em 13 estações espalhadas pela orla.

Leia também: Manifestantes serão barrados em Guaratiba

Projeto do palco principal da Via Sacra, que será encenada na orla de Copacabana no dia 26
Divulgação
Projeto do palco principal da Via Sacra, que será encenada na orla de Copacabana no dia 26

Abel Gomes, diretor de cenografia da estrutura montada em Copacabana e sócio-diretor da empresa SRCOM - que há seis anos organiza a festa da Ano Novo em Copacabana -, afirmou que a equipe teve cuidado extra na hora de erguer o projeto: “Nós já temos experiência com eventos grandes, mas neste projeto, em especial, nossa preocupação maior foi achar espaço entre uma estação e outra sem atrapalhar o público que estará acompanhando o espetáculo. Também tivemos carinho e paciência para não danificar árvores e nem as tradicionais pedras portuguesas do chão”.

Segurança: 14 mil militares protegerão militares em sua visita ao Rio

Cada elemento tem cerca de 100 a 150 metros quadrados e varia de quatro a 10 metros de altura. A equipe dispôs as estações com uma distância de 50 a 100 metros, sendo a 14ª estação o palco principal do evento. “Minha grande expectativa é mostrar para o mundo que nós temos capacidade para fazer coisas legais. A equipe envolvida demonstra profissionalismo e tem a intenção mesmo de abraçar os peregrinos que estarão na Jornada”, contou Abel.

Expectativa: Papa Francisco espera 'banho de povo' e cobrará políticos

A parte artística do show ficou sob responsabilidade de Ulysses Cruz. É ele quem coordena 350 pessoas - entre artistas e voluntários - que estarão em cena e mais a equipe do backstage. Um elenco estrelado aceitou o convite para ler os textos bíblicos de cada fase da história.

Projeto do Palco Principal da JMJ
Divulgação
Projeto do Palco Principal da JMJ

“O Eriberto Leão estará na primeira estação, Cássia Kis Magro na quarta, Líivian Aragão na sexta, Ana Maria Braga na oitava e Murilo Rosa na 14º. Entre eles, apenas a Cássia terá personagem. Ela será a mãe de Jesus. Além disso, no sábado, dia da vigília, Tony Ramos e Luan Santana irão participar como eles mesmos”, adiantou o diretor.

O cortejo todo tem duração prevista de 1h20. “Cada apresentação deve demorar entre três a quatro minutos mais o deslocamento da cruz para a próxima estação”, disse Ulysses. O trabalho, que começou em fevereiro, se intensificou nos últimos meses. “Os ensaios começaram em maio. É um desafio muito grande, mas tenho um equipe bacana que me alivia o trabalho”, finalizou.

Veja abaixo o local exato de cada estação da Via Sacra, em Copacabana:

Marco Zero - Em frente à Rua Paula Freitas

Primeira Estação - Entre a Paula Freitas e a República do Peru.

Segunda e terceira estações - Entre República do Peru e Fernando Mendes

Quarta, quinta e sexta estações - Entre Fernando Mendes e Rodolfo Dantas (a sexta é bem em frente ao Copacabana Palace)

Sétima e oitava estações - Ente Rodolfo Dantas e a Rua Duvivier

Nona estação - Em frente à Rua Duvivier

Décima estação - Entre a Rua Duvivier e a Ronald de Carvalho.

Décima-primeira estação - Em frente à Rua Belford Roxo

Décima segunda e décima terceira - Entre a Belford Roxo e a Prado Júnior

Décima-quarta - É o palco principal.

Veja fotos dos preparativos da visita do papa:



    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.