Entre os vetados está o chá Funchinane, com substâncias que não são permitidas para este tipo de produto

Agência Brasil

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu a distribuição e venda do chá misto solúvel Funchinane, por conter substâncias não permitidas para chás. A decisão foi divulgada hoje (12) no Diário Oficial da União.

Leia também:
Anvisa determina apreensão de emagrecedores naturais
Estudante morre após tomar agrotóxico vendido como emagrecedor

Produto tem substâncias proibidas para chás
Reprodução
Produto tem substâncias proibidas para chás

Produzido pela empresa Naturelife, o chá contém maltodextrina (carboidrato que aumenta energia muscular), sucralose (adoçante) e dióxido de silício – todas substâncias proibidas para chás.

A comercialização dos emagrecedores Bio Waist Spirulina em cápsula e Bio Waist – Quitosana e Spirulina em cápsulas da empresa La Mata Laboratório Botânico também está proibida em todo o país. Os produtos não têm registro, segundo a agência reguladora.

As medidas valem em todo o território nacional. A Agência Brasil tentou entrar em contato com as empresas por telefone. O número informado no site da empresa Naturelife não existe e a empresa La Mata não atendeu às ligações.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.