Caminhoneiros bloqueiam diversas rodovias em pelo menos seis Estados

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Pistas foram interditadas em São Paulo, Minas Gerais, Espírito Santo, Bahia, Santa Catarina e Rio Grande do Sul

Denilton Dias/O Tempo/Futura Press
Protesto de caminhoneiros na BR 381, em Igarapé, Minas Gerais, nesta segunda-feira (1).

Assim como ocorre em São Paulo, os Estados de Minas Gerias, Espírito Santo, Bahia, Santa Catarina e Rio Grande do Sul também registram protestos de caminhoneiros nesta segunda-feira (01). A rodovia Fernão Dias (BR-381) está fechada em Igarapé e o protesto gera três quilômetros de congestionamento no sentido São Paulo e dois quilômetros no sentido Belo Horizonte. Na capital mineira, a estrada tem retenção de um quilômetro, como reflexo do bloqueio.

Em São Paulo: Protestos de caminhoneiros fecham rodovias e Rodoanel

Por volta das 14h, na BR-381, que liga os dois Estados, os manifestantes continuavam bloqueando trechos das cidades mineiras de João Monlevade, Carmópolis de Minas e Antônio Dias.

No Espírito Santo, eles interditam ambos os sentidos da rodovia em Viana. Segundo a Polícia Rodoviária Federal, a passagem veículos de passeio e ônibus é liberada pelos manifestantes.

Os caminhoneiros reivindicam subsídio do óleo diesel, isenção de pedágios e a criação de uma secretaria específica para a categoria pelo governo federal.

Na Bahia, três rodovias federais que passam pelo oeste e pelo sul do estado foram interditadas por caminhoneiros nesta segunda-feira (01). Protestando por diversas melhorias nas condições de trabalho, os profissionais bloquearam os dois sentidos da BR-116, na altura do município de Cândido Sales, no sul, e das BRs 242 e 202, no extremo oeste do Estado.

A ação começou às 6h e paralisou completamente as estradas. Apenas por volta do meio-dia os manifestantes começaram a liberar parte das vias para a passagem de carros de passeio. Segundo a Polícia Rodoviária Federal no Estado, não há conflitos nos protestos.

Em Santa Catarina, caminhoneiros realizaram um protesto na BR-282, próximo ao trevo de acesso à cidade de Maravilha, na região Oeste. Esta rodovia liga o litoral à fronteira com a Argentina e não houve interrupção do trânsito no local.

No Rio Grande do Sul, manifestantes ligados a diferentes causas bloquearam pelo menos quatro trechos de rodovias. Em Três Cachoeiras, a pista da rodovia BR-101, que segue do Estado para Santa Catarina, foi trancada por cerca de 30 caminhoneiros por volta das 16h. O sentido inverso permaneceu liberado.

Outros 80 transportadores também interromperam o tráfego pela BR-392, nos dois sentidos, entre 14h e 16h, em Santa Maria. Os dois grupos participaram de uma mobilização nacional pela redução de impostos sobre o óleo diesel e investimentos em infraestrutura e segurança nas estradas.

Em Charqueadas, agricultores bloquearam os dois sentidos da BR-290, rodovia que vai do litoral ao oeste do Rio Grande do Sul, para protestar contra a exigência de emplacamento de tratores.

Na região sul do Estado, moradores da localidade de Corredor dos Pinheiros bloquearam a BR-392 no sentido de Pelotas para Rio Grande, entre 9h e 10h. A manifestação provocou um congestionamento de 3 km. Depois, o tráfego voltou rapidamente à normalidade.

*Com Agência Estado

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas