Veja como foi a ação da Polícia Militar contra os manifestantes no DF

Por Nivaldo Souza - iG Brasília |

compartilhe

Tamanho do texto

Ativistas protestavam contra gastos públicos com a Copa das Confederações quando Tropa de Choque lançou bombas de gás lacrimogênio e balas de borracha

Uma manifestação contra os gastos públicos para a realização da Copa das Confederações terminou neste sábado (15) com pelo menos oito presos. Apesar do protesto pacífico em frente ao Estádio Nacional Mané Garrincha, no Distrito Federal, a Polícia Militar teve o reforço da Tropa de Choque e foi para cima dos ativistas dando tiros de balas de borracha e lançando bombas de gás lacrimogênio. Nem os jovens que estavam sentados no chão pedindo não violência foram poupados e acabaram sendo pisoteados. Houve ainda registro de atropelamentos feitos pela Polícia Militar.

Leia também:
PM usa bomba de gás e bala de borracha contra protesto em frente a estádio no DF

Manifestantes comemoram decisão da Tropa de Choque de abaixar os escudos:

Tropa de Choque parte para cima dos manifestantes:

Policiais atiram balas de borracha contra estudantes:

Estudante Gabriel Germano, de 19 anos, explica como foi atingindo:

PM explica razão do confronto e é contestado por manifestante:



compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas