Ministério da Justiça anuncia recall de Tylenol

Por Agência Estado |

compartilhe

Tamanho do texto

Segundo o governo, mais de 3 milhões de embalagens do medicamento de 200 mg/ml, gotas, devem ser recolhidas do mercado por apresentar defeito no gotejador

Agência Estado

O Ministério da Justiça (MJ) divulgou nesta quarta-feira uma nota informando que mais de 3 milhões de embalagens do medicamento Tylenol (paracetamol) 200 mg/ml - apresentação gotas, fabricado entre dezembro de 2011 a novembro de 2012, devem ser recolhidas do mercado por apresentar a possibilidade de o gotejador da embalagem se desprender totalmente ou parcialmente do frasco, com risco de superdosagem do medicamento.

Leia também: Anvisa suspende venda e uso do medicamento Diurisa

A campanha de recall começará na segunda-feira (27) e abrange 3.384.432 embalagens do produtos com numeração de lote, não sequencial, compreendida entre os intervalos PPL055 a RJL123, informa o MJ.

Conforme a nota, a Janssen-Cilag Farmacêutica Ltda, fabricante do produto, protocolou campanha na Secretaria Nacional do Consumidor do Ministério da Justiça (Senacon/MJ) e informou que a superdosagem traz riscos de danos graves ao fígado, náusea, outros sintomas gastrointestinais e elevação das enzimas hepáticas. Os sintomas relatados foram sonolência e enjoos.

O Código de Defesa do Consumidor determina que o fornecedor repare ou troque o produto defeituoso a qualquer momento e de forma gratuita. Se houver dificuldade, a recomendação é procurar um dos órgãos de proteção e defesa do consumidor.

Leia tudo sobre: tylenolmedicamento

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas