Suspeita de bomba causa susto e atrasa voo no aeroporto de Brasília

Por Agência Brasil | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Voo foi suspenso por cerca de três horas depois da suspeita de que havia uma bomba na aeronave. Segundo a PF, mal entendido foi causado por comentários de um passageiro

Agência Brasil

Os 145 passageiros do voo 1646 da Gol, que saía do Aeroporto Internacional de Brasília Juscelino Kubitschek com destino a Manaus (AM) e Boa Vista (RR) nesta terça-feira (23), às 21h50, passaram por um susto. O voo foi suspenso por cerca de três horas depois da suspeita de que havia uma bomba na aeronave. Segundo a Polícia Federal (PF), o mal entendido foi causado por comentários de um passageiro.

Leia também: Aeronave da TAP bate em torre após pousar no aeroporto de Brasília

A PF foi acionada para verificar a denúncia, mas nada foi encontrado. Mesmo assim, o passageiro que causou o mal entendido foi levado para prestar depoimento. Ao menos quatro pessoas que estavam a bordo da aeronave também foram ouvidas, mas não confirmaram a versão de que o homem teria falado sobre a existência de uma bomba no interior da aeronave.

Segundo a assessoria da PF, tudo não passou de uma grande confusão. Ao prestar explicações, o homem, cujo nome não foi divulgado, afirmou ter ficado nervoso com o atraso na partida do voo. Ao embarcar, criticou o que classificou como mau serviço prestado pelas empresas aéreas. E disse algo que levou outras pessoas a entenderem que haveria uma bomba no avião.

Uma mulher que acompanhava o homem durante a viagem confirmou que ele tem problemas de saúde e que toma remédios controlados. Além de colher o depoimento do homem e das quatro testemunhas, a PF determinou que as malas de todos os passageiros fossem retiradas e novamente examinadas no sistema de raio x, o que atrasou ainda mais a partida do voo. Como nada suspeito foi encontrado e nenhuma testemunha confirmou a versão de que ele teria falado sobre uma bomba na aeronave, o homem foi liberado em seguida e não vai responder pelo episódio.

A assessoria da Inframérica, consórcio de empresas que administra o aeroporto Juscelino Kubitschek, informou que voo decolou às 0h34.

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas