Embaixador dos EUA prevê mais de 1 milhão de vistos para brasileiros em 2013

Por Agência Estado |

compartilhe

Tamanho do texto

Thomas Shannon disse que ampliação é consequência da política de aproximação dos países. Para ele, o forte gasto de brasileiros no país ajuda os EUA a superarem a crise

Agência Estado

A embaixada norte-americana no Brasil pretende emitir mais de um milhão de vistos para brasileiros em 2013, quebrando o recorde histórico, atingido em 2012, de quase um milhão. De acordo com o embaixador norte-americano no Brasil, Thomas Shannon, essa ampliação é consequência da política de aproximação dos países. Ele disse também que o forte gasto de turistas brasileiros no país ajuda os EUA a superarem a crise.

Leia também: 
Brasil resiste em cumprir exigências em visto para EUA
Brasil fecha acordo para facilitar entrada de empresários brasileiros nos EUA

"Há mais brasileiros viajando hoje para os Estados Unidos do que nunca. Vamos autorizar, neste ano, mais de um milhão de vistos para brasileiros, o que é um recorde histórico", afirmou. "Os brasileiros hoje são muito bem vistos nos Estados Unidos", emendou.

Segundo Shannon, os gastos de turistas brasileiros nos Estados Unidos em 2012 somaram US$ 8 bilhões, o que coloca o País na segunda posição entre os países com mais gastos nos EUA no anos passado, atrás apenas da China. "A grande presença de brasileiros nos Estados Unidos ajuda muito a recuperação da economia (norte-americana), especialmente na área do turismo", avaliou Shannon.

Mais: Volume de vistos dos EUA para brasileiros cai 26%

Segundo o embaixador, as negociações para derrubar a exigência de visto para brasileiros estão em andamento, restando apenas detalhes na área de documentação e inteligência. "Os governos estão trabalhando para deixar de pedir vistos, mas não posso dizer exatamente quando (isso deve ocorrer). Temos que negociar acordos sobre integridade e confiança com relação aos documentos e a capacidade de trocar informações sobre pessoas que estão viajando e isso tem que ser recíproco", concluiu.

Leia tudo sobre: vistoestados unidosembaixadaglobal entry

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas