Aeroporto de Brasília tem apagão e mais da metade dos voos sofre atrasos

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Terminal JK registrou série de oscilações na linha de transmissão de energia desde 6h. O serviço foi restabelecido quase três horas depois, segundo administrador

O Aeroporto Internacional de Brasília, Juscelino Kubitschek, sofreu um apagão na manhã deste sábado e os reflexos da suspensão de energia ainda são sentidos pelos passageiros que chegam ao terminal. A falta de luz fez com que os voos que partiam e chegavam à cidade fossem suspensos, causando um encavalamento dos horários. O saguão do aeroporto ficou lotado até pouco antes do 12h, com filas extensas e horas de espera.

Em janeiro: Aeroporto Tom Jobim, no Rio, sofre duas quedas de energia 

Por volta das 6 horas da manhã, uma série de oscilações na linha de transmissão de energia que abastece o aeroporto gerou uma pane no sistema e isso ocasionou a falha na distribuição de energia no terminal. Às 8h45, o sistema foi restabelecido, conforme nota do consórcio Inframerica, que administra o aeroporto. A capacidade do aeroporto é de 11 milhões de passageiros por ano.

Desde o início dos problemas, mais da metade das partidas registraram atrasos. Segundo o último balanço da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuário (Infraero), entre as 92 partidas programadas, 66 voos (71%) sofreram atrasos e cinco (5%) foram canceladas. Na última hora, entre 12h e 13h, 24 (26%) registraram atraso superior a meia hora. 

A assessoria da Inframerica informou que conta com o restabelecimento da grade horária de forma gradual ao longo do dia, mas não soube dizer uma previsão de horário. E também não soube informar se o apagão também causou atrasos nos voos que chegam ao Distrito Federal. 

*com AE

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas