Cinco novos ataques são registrados em Santa Catarina

Por Agência Brasil |

compartilhe

Tamanho do texto

Estado registra 106 ocorrências em 32 cidades desde 30 de janeiro. Força Nacional irá ajudar a combater o crime

Agência Brasil

Marcelo Camargo/ABr
Ônibus queimado durante ataques em Santa Catarina na sexta-feira

Cinco atentados foram registrados na noite dessa sexta-feira (16) em Santa Catarina. Com isso, subiu para 106 o total de ocorrências registradas desde 30 de janeiro, quando teve início a atual onda de ataques, que já ocorreram em 32 cidades catarinenses.

Leia também:

Homens da Força Nacional de Segurança chegam a Santa Catarina
Com escolta policial, ônibus vão circular até as 23h em Florianópolis

O primeiro atentado foi por volta das 22h, no bairro Jardim, em Chapecó, a cerca de 600 quilômetros (km) da capital, Florianópolis. Quatro rapazes, aparentemente menores de idade, atearam fogo em um carro que estava estacionado na rua e fugiram, de bicicleta. O veículo foi completamente queimado.

Em São José, na região metropolitana de Florianópolis, dois homens numa moto atiraram contra a base da guarda municipal. Segundo a Polícia Militar, seis guardas municipais estavam de serviço na hora do ataque, mas nenhum deles foi ferido. Os dois homens não foram pegos.

Em Itapoá, no extremo do litoral norte do Estado, a cerca de 270 km da capital, um artefato explosivo foi arremessado no interior de um ônibus estacionado na garagem de uma empresa de transportes. Também neste caso, os criminosos conseguiram fugir.

Outro ônibus foi incendiado em Campos Novos, no Planalto Sul, a 368 quilômetros de Florianópolis. O veículo era usado para transportar trabalhadores rurais. Os envolvidos fugiram a pé.

Por volta das 6h de hoje (16), bombeiros foram acionados para controlar um princípio de um incêndio na casa da irmã de um policial civil, em Balneário Rincão. No local foram encontradas três garrafas de álcool. O fogo queimou apenas a entrada da residência e o forro de um dos quartos.

Segundo a Polícia Militar de Santa Catarina, não houve feridos em nenhuma das ocorrências.

Foram registradas 106 ocorrências nos últimos 17 dias, as maiores em Florianópolis (15); Joinville (14); Itajaí (oito) e Tubarão (oito). Já foram incendiados 38 ônibus e seis bases da Polícia Militar e três da Polícia Civil foram atacadas. Até a noite dessa sexta-feira (15), 35 suspeitos de participação nos atentados foram presos.

Leia tudo sobre: santa catarinaataquesapolícia

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas