Homens da Força Nacional de Segurança chegam a Santa Catarina

Por Agência Estado |

compartilhe

Tamanho do texto

Governo confirma a chegada de 350 homens. "Nós estamos em uma situação de anormalidade", diz o secretário de Infraestrutura Valdir Cobalchini

Agência Estado

O governo de Santa Catarina confirmou na tarde desta sexta-feira a chegada de 350 homens da Força Nacional de Segurança em Florianópolis (SC). Segundo a Secretaria da Infraestrutura, o desembarque aconteceu por volta das 14h30. Após dois atentados contra ônibus nesta madrugada, o Estado registrou o 100º ataque.

Leia também:
Com escolta policial, ônibus vão circular até as 23h em Florianópolis
Chega a cem o número de ataques criminosos em Santa Catarina

"Nós estamos numa situação de anormalidade, mas o governo do Estado está fazendo todos os seus esforços para garantir a segurança dos trabalhadores do transporte coletivo e dos usuários", disse o secretário de Infraestrutura Valdir Cobalchini, de acordo com o site do governo estadual.

Futura Press
Justiça eleitoral de Palhoça (SC) sofre atentado com bomba na manhã de segunda; ninguém foi preso.

Também foi anunciado o reforço na segurança do transporte coletivo na Grande Florianópolis a fim de exigir que as empresas de ônibus voltem a operar das 6h as 23h em todas as regiões. Devido aos ataques, as viações passaram a circular das 7h as 19h. Segundo o governo, foram colocados 80 veículos com policiais (sendo 40 cedidos pela Prefeitura e 40 pelo Estado) para fazer a escolta dos ônibus.

Cem ataques

Com mais dois ataques registrados pela Polícia Militar nesta madrugada, em Santa Catarina, subiu para cem o número de ocorrências associadas à onda de violência que ocorre no Estado desde o dia 30 de janeiro. Segundo o último boletim da PM, em Laguna, no litoral sul catarinense, dois homens atiraram um artefato inflamável, contendo gasolina, contra um caminhão de guincho, que não chegou a pegar fogo. Nenhum suspeito foi detido.

A outra ocorrência foi registrada no município de Içara, no sul do Estado. Dois homens atearam fogo em um veículo que ficou totalmente queimado. A dupla rendeu o motorista que aguardava a mulher no interior do carro, obrigando-o a sair do automóvel. Ele foi levado a um hospital da região em estado de choque por homens do Corpo de Bombeiros. Os responsáveis pelo incêndio não foram localizados.

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas