Polícia rodoviária reforça fiscalização nas estradas federais durante o carnaval

Por Agência Brasil |

compartilhe

Tamanho do texto

Da meia-noite desta sexta-feira até a meia-noite da próxima quarta-feira (13), a PRF vai intensificar as fiscalizações nas rodovias federais na Operação Carnaval

Agência Brasil

Respeitar os limites de velocidade, manter distância segura do carro da frente, estar em dia com a manutenção do carro, dirigir durante o dia e, principalmente, não ingerir bebida alcóolica antes de pegar o volante são algumas das recomendações da Polícia Rodoviária Federal (PRF) para que os motoristas que pretendem pegar a estrada neste feriado de carnaval façam uma viagem segura.

Mais do feriado:
- Previsão do tempo: Carnaval deve ter clima de verão na maior parte do Brasil
- Abre e fecha: Veja o que funciona no feriado de carnaval
Veja o que abre e fecha no carnaval em Porto Alegre
Veja o que abre e fecha em São Paulo no carnaval
Veja o que abre e fecha no carnaval em Belo Horizonte
Confira o que abre e fecha no feriadão de carnaval no Rio

Da meia-noite desta sexta-feira (8) até a meia-noite da próxima quarta-feira (13), a PRF vai intensificar as fiscalizações nas rodovias federais na Operação Carnaval. Mais de dez mil agentes estarão atuando e vaõ usar 1,2 mil bafômetros para verificar se algum motorista está alcoolizado.

Em vigor desde o início do mês, a tolerância zero da nova Lei Seca será aplicada na Operação Carnaval. O motorista que se negar a assoprar o bafômetro será submetido às penalidades administrativas (multa e recolhimento da carteira de habilitação), mesmo que não apresente sinais de embriaguez.

Os motoristas que forem flagrados dirigindo com teor alcóolico entre 0,05 e 0,34 miligrama por litro de ar expelido serão multados em R$ 1.915,40, terão a carteira apreendida e não poderão seguir viagem. Já aqueles em que a concentração de álcool no organismo for superior a 0,34 miligrama serão presos por prática de crime de trânsito e responderão a processo criminal, além das penalidades administrativas.

Segundo a PRF, os policiais rodoviários federais poderão solicitar que o motorista passe pelo teste de embriaguez a qualquer momento, seja nas blitzen ou em qualquer ponto da rodovia.

A polícia orienta os motoristas que ingerirem bebidas alcóolicas durante longos períodos a noite, por exemplo, que não dirijam pela manhã. Isso porque o organismo é capaz de eliminar apenas o equivalente a uma lata de cerveja, uma dose de destilado ou uma taça de vinho por hora. Dormir por algumas horas ou tomar café da manhã aceleram o processo de metabolismo e a eliminação do álcool do corpo.

De acordo com a PRF, no carnaval do ano passado, as colisões frontais, ocasionadas principalmente pela imprudência dos motoristas, foram responsáveis pela morte de 86 pessoas. Mais 264 ficaram feridas. Com as estradas mais movimentadas, a recomendação é que os condutores tenham cautela e fiquem atentos à sinalização. Os cuidados devem ser redobrados no período chuvoso.

Entre amanhã e quarta-feira, para dar mais fluidez ao trânsito, o tráfego de caminhões bitrem, veículos com dimensões excedentes e caminhões cegonha será restrito na maior parte da malha viária nacional. O motorista que descumprir a determinação será multado em R$ 85,13 (infração média) e perderá quatro pontos na carteira de habilitação. Além disso, o condutor será obrigado a permanecer com o veículo estacionado até o final do horário de restrição.

Além das fiscalizações, a PRF, em parceria com o Ministério das Cidade, vai distribuir para os motoristas material educativo alertando sobre os cuidados necessários nas estradas. No entanto, o trabalho de prevenção, que será realizado simultaneamente à Operação Carnaval, não eximirá o motorista infrator de ser punido.

Leia tudo sobre: carnavalprfpolícia rodoviária federal

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas