PM prende homem que atirou contra base policial em Santa Catarina

Por Agência Brasil |

compartilhe

Tamanho do texto

Detido confessou que ganhou R$ 100 para atirar contra posto da Guarda Civil. Secretaria de Segurança registrou quatro novos ataques no Estado entre domingo (3) e hoje

Agência Brasil

A Polícia Militar de Santa Catarina informou que prendeu o autor do ataque à base da Guarda Municipal de São José, cidade que faz parte da Grande Florianópolis, nesta segunda-feira. O homem foi preso em um hospital, após ser baleado em um confronto com policiais e revelou ter recebido R$ 100 para atirar.

Leia mais: Santa Catarina ainda não solicitou ajuda à Força Nacional
Violência: Uma pessoa é morta e 5 veículos são queimados em Santa Catarina

Das 18h de ontem (3) às 7h de hoje, a Secretaria de Segurança Pública (SSP) registrou quatro episódios ligados à onda de violência no Estado. Nos outros três casos, ninguém foi preso até agora. Na avenida Santa Catarina, no bairro Estreito, em Florianópolis, por volta das 22h, dois homens tentaram incendiar a garagem da Empresa de Transporte Coletivo Emflotur, mas o artefato não explodiu e os criminosos fugiram.

Relembre: Ordem de ataques em Santa Catarina saiu de presídios, dizem autoridades

Na cidade de Itajaí, de acordo com a Polícia Militar, um homem que usava touca disparou quatro tiros contra um ônibus e fugiu a pé. Os disparos acertaram a traseira do ônibus, não deixaram feridos. Em Navegantes, dois homens incendiaram um ônibus de transporte coletivo no bairro Meia Praia. O Corpo de Bombeiros controlou o fogo e não houve vítimas. Os autores do atentado não foram localizados.

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas