Dono de restaurante é morto após chamar atenção de clientes no Distrito Federal

Por O Dia |

compartilhe

Tamanho do texto

Vítima avisou dois clientes que regra da casa era não deixar sobrar comida. Irritados, eles deixaram o local e voltaram uma hora depois para matar o proprietário

Um dono de um restaurante foi assassinado em Planaltina, no Distrito Federal, na tarde de terça-feira (15). O comerciante de 46 anos teria morrido porque chamou atenção de dois clientes que deixaram comida no prato. No estabelecimento, pode-se comer à vontade e pagar R$ 7,90. A condição do local é não deixar sobras no prato. 

Leia também: Justiça autoriza exumação do corpo do empresário Marcos Matsunaga

Segundo a polícia, na segunda-feira (14), os dois homens almoçaram e não comeram toda a comida do prato. No dia seguinte, ontem, eles teriam voltado para almoçar no local e o dono avisou que não podia haver desperdício. Os clientes ficaram irritados e deixaram o restaurante, mas voltaram uma hora depois para cometer o crime, por volta das 14h. 

Os rapazes conseguiram fugir em um carro. A vítima, que era ex-motorista de ônibus, havia montado o restaurante há pouco mais de um ano. A Polícia Civil investiga o caso e procura os suspeitos. 

Leia tudo sobre: distrito federalassassinatorestaurante

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas