Onze municípios de cinco Estados foram atingidos pela estiagem. Apenas Angra dos Reis, no Rio de Janeiro, foi incluída por deslizamento de terra e pedras após temporal

A Secretaria Nacional de Defesa Civil reconheceu nesta terça-feira a situação de emergência em 12 municípios de cinco estados brasileiros, 11 deles atingidos por estiagem. A decisão foi publicada no Diário Oficial da União e lista oito cidades catarinenses.

Entenda: Angra dos Reis está em alerta máximo por causa de cheia de rio

Leia também: Seca deixa 259 municípios em situação de emergência na Bahia

Conheça as cidades: Abdon Batista, Ipira, Jaborá, Lindoia do Sul, Paial, Peritiba, Presidente Castello Branco e Vargeão, todas no oeste do estado. Vicência (PE), Rio do Antônio (BA) e Igaci (AL) também sofrem os efeitos da falta de chuva. A única cidade incluída por deslizamento de terra e pedras foi Angra dos Reis, no Rio de Janeiro.

Rio Acre chegou a atingir níveis mínimos durante a seca que assola a capital do Estado (foto de arquivo)
Agência Brasil
Rio Acre chegou a atingir níveis mínimos durante a seca que assola a capital do Estado (foto de arquivo)

Em novembro, a  seca atingiu 259 municípios no interior da Bahia. Todas as cidades foram colocadas em situação de emergência devido à estiagem prolongada. 

Angra dos Reis

O Instituto Estadual do Ambiente (Inea) do Rio de Janeiro informou que o município de Angra dos Reis, no sul fluminense, está em alerta máximo, por causa da chuva que atinge a localidade e provoca a cheia do rio Mambucaba.

O alerta máximo é o nível mais grave entre os quatro existentes e significa que o rio já atingiu pelo menos 80% do nível de transbordamento. Angra já tem sido afetada por temporal nas duas últimas semanas. A cidade registou alagamentos nos bairros de Mambucaba e Japuíba. Além disso, uma barreira deslizou na altura de Monsuaba.

*com Agência Brasil



    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.