Fim do ano será de tempo quente, úmido e abafado na maior parte do Brasil

Tempo será instável para quem for passar o réveillon em Copacabana ou na avenida Paulista. Para quem estiver no Nordeste, os dias devem ser de calor e tempo aberto

iG São Paulo |

O calor fará companhia a quase todos os brasileiros neste final de ano, mas dependendo da região, o tempo também será de muita chuva. Segunda a agência Climatempo, os últimos dias do ano serão marcados pela umidade alta, calor e sensação de abafamento que vão colaborar com a formação de pancadas de chuva o interior do Brasil.

Mais do feriado:
Serviços:  Veja o que abre e fecha no feriado de Ano Novo
São Paulo:  Veja o que abre e o que fecha no Ano Novo na capital paulista
Rio de Janeiro:  Confira o que abre e fecha no feriado na capital fluminense
Previsão do tempo: Fim do ano será quente, úmido e abafado na maior parte do Brasil
Estradas:  Após natal mais violento, PRF mantém 'Operação Fim de Ano'

Grandes áreas de nuvens carregadas se espalham e provocam fortes pancadas de chuva sobre o Centro-Oeste e Norte do Brasil. No Sul do Brasil, o ano termina com chuva na maior parte dos Estados. Pouca ou quase nenhuma chuva deve atingir o norte de Minas Gerais e o Espírito Santo. No Nordeste muito sol, calor e racionamento de água em municípios nordestinos. A falta de chuva já provocou muitos estragos, prejuízos na agricultura e falta de água em várias cidades nordestinas. 

Veja a previsão do tempo para a sua cidade

Veja abaixo como fica a previsão para todas as regiões do País:

Região Sudeste
A chegada de 2013 será marcada por pouca ou quase nenhuma chuva no Rio de Janeiro, Espírito Santo e norte de Minas Gerais. Nesta sexta-feira, a chegada de uma frente fria deixa o tempo instável em grande parte do Sudeste do País. No Estado de São Paulo, o sol aparece entre muitas nuvens e chove a qualquer hora. No litoral sul paulista, a concentração de nuvens é maior é chove várias vezes ao longo do dia. No centro-sul de Minas Gerais, inclusive a Grande Belo Horizonte, e no oeste do Rio de Janeiro, o calor e a alta umidade ajudam a formar nuvens de chuva e as pancadas ocorrem a partir da tarde em pontos isolados. De acordo com os meteorologistas da Climatempo, não dá para descartar o risco de temporais em pontos isolados. Nas demais áreas mineiras, região dos Vales do Jequitinhonha e do Rio Doce, e no Espírito Santo, o ar seco inibe a formação de nuvens de chuva, o sol brilha forte e não chove.

Isabela Kassow
Rio deve ter momentos de chuva no último dia do ano

No sábado, a instabilidade aumenta sobre a região. Em todo o Estado de São Paulo, principalmente no litoral sul paulista, no sul de Minas Gerais e no triângulo mineiro, e no extremo norte do Espírito Santo, o predomínio é de muitas nuvens intercalando períodos de sol e a previsão é de chuva a qualquer hora, com possibilidade de temporal em alguns momentos. Pelo interior de Minas Gerais e no Rio de Janeiro, a previsão é de chuva rápida e isolada. Nas demais áreas mineiras e capixabas, o sol aparece forte e não há previsão de chuva.

No domingo, véspera de Ano Novo, todo o Estado paulista, principalmente o litoral de São Paulo, no sul de Minas Gerais e no triângulo mineiro, o sol aparece sempre entre muitas nuvens e as pancadas de chuva ocorrem a qualquer hora do dia, que podem ser fortes em alguns momentos. No interior mineiro e no oeste do Rio de Janeiro, a previsão é de chuva á partir da tarde em pontos isolados. Nas demais áreas fluminenses, mineiras e no Espírito Santo, a massa de ar seco inibe a formação de nuvens de chuva.

Na segunda-feira, a virada do ano promete ser com chuva na maior parte da região. Em São Paulo, sul e oeste de Minas Gerais, o forte aquecimento e a alta umidade do ar ajudam a formar nuvens de chuva e as pancadas estão previstas á partir da tarde em pontos isolados. Nas demais áreas, o tempo segue firme e sem previsão de chuva.

Na terça-feira, primeiro dia de 2013, a aproximação de uma frente fria aumenta a instabilidade sobre parte do Estado de São Paulo. No centro-leste paulista, o sol aparece em meio à nebulosidade e a previsão é de chuva a qualquer hora. Nas demais áreas paulistas, inclusive a capital e o litoral, no centro-sul de Minas Gerais e do Rio de Janeiro, a chuva está prevista á partir da tarde de forma rápida e isolada. No norte mineiro e no Espírito Santo, o sol aparece forte e não chove.

Região Sul
O ano de 2012 termina com temperaturas amenas no extremo sul gaúcho. Nesta sexta-feira, a passagem de uma frente fria espalha muitas nuvens carregadas sobre grande parte do Sul do Brasil. No centro-norte do Rio Grande do Sul, em Santa Catarina e no centro-sul do Paraná, inclusive na Grande Curitiba, o predomínio é de céu nublado com chuva ao longo do dia, que por vezes pode ser forte. A Climatempo alerta para chuva volumosa principalmente nas serras gaúcha e catarinense. Nas demais áreas paranaenses, o predomínio é de muitas nuvens intercalando períodos de sol e chuva a qualquer hora. De acordo com os meteorologistas, não está descartada a possibilidade de temporal em pontos isolados da região. Nas áreas gaúchas que fazem fronteira com o Uruguai, o sol aparece entre algumas nuvens e não chove. A temperatura fica amena em grande parte do Sul, exceto no norte do Paraná, onde os termômetros alcançam os 30°C em algumas localidades.

No sábado, a frente fria se afasta, mas um sistema de baixa pressão mantém a instabilidade em parte da região. No Vale do Itajaí e no centro-leste do Paraná, inclusive na Grande Curitiba, o céu continua nublado com chuva ao longo do dia. No sul de Santa Catarina e nas demais áreas paranaenses, o sol aparece sempre entre muitas nuvens e chove a qualquer hora. No norte do Rio Grande do Sul e no oeste de Santa Catarina, as pancadas estão previstas a partir da tarde por causa do calor e da alta umidade. Em Porto Alegre e nas demais localidades gaúchas, o sol aparece e não chove.

No domingo, o tempo não muda muito na região. No leste catarinense e paranaense, inclusive em Florianópolis, no Vale do Itajaí, no litoral e na Grande Curitiba, o predomínio é de céu nublado com chuva ao longo do dia, que por vezes pode ser forte. Nas demais áreas do Paraná, o sol aparece em meio à nebulosidade e há previsão de chuva a qualquer hora do dia. No centro-sul catarinense e no centro-norte gaúcho, as pancadas ocorrem a partir da tarde em pontos isolados. Nas demais localidades do Rio Grande do Sul, inclusive a Grande Porto Alegre, o sol aparece forte e não chove. A temperatura entra em elevação e volta a fazer calor no estado gaúcho.

Na segunda-feira, véspera de Ano Novo, a instabilidade diminui no leste de Santa Catarina e do Paraná, o sol aparece entre muitas nuvens, mas ainda chove a qualquer hora do dia. No centro-norte do Paraná e no centro-sul do Rio Grande do Sul, o calor e a alta umidade ajudam a formar nuvens de chuva e as pancadas estão previstas á partir da tarde.

Na terça-feira, primeiro dia de 2013, a passagem de uma nova frente fria espalha muitas nuvens sobre grande parte da região. Na maior parte do Rio Grande do Sul, em Santa Catarina e no Paraná, o predomínio é de muitas nuvens intercalando breves períodos de sol e previsão de chuva a qualquer hora. Nas áreas gaúchas que fazem fronteira com o Uruguai, o sol aparece e não chove. Nestas localidades, a temperatura entra em ligeiro declínio.

Região Centro-Oeste
Como é comum no fim de todos os anos, a maioria das áreas do Centro-Oeste do Brasil tem dias abafados, com muita umidade e pancadas de chuva, muitas vezes de forte intensidade. Estas condições são normais durante o verão, a estação que mais chove no Centro-Oeste.

O ano de 2012 termina com tempo instável na região. Nesta sexta-feira, no Mato Grosso do Sul e no centro-oeste de Mato Grosso, inclusive em Cuiabá, áreas de instabilidade espalham muitas nuvens carregadas e chove a qualquer hora. Nas demais localidades do Mato Grosso, em Goiás e no Distrito Federal, o sol aparece, faz calor e as nuvens de chuva se formam com facilidade. Nestas áreas, chove á partir da tarde. De acordo com os meteorologistas da Climatempo, toda a região está sujeita a temporal acompanhado de descargas elétricas em pontos isolados.

No sábado, a instabilidade aumenta sobre grande parte da região. No Mato Grosso do Sul, na maior parte do Mato Grosso e no centro-sul de Goiás, inclusive em Goiânia, o predomínio é de muitas nuvens intercalando períodos de sol e previsão de chuva a qualquer hora. Nas demais áreas de Goiás e no Distrito Federal, o sol aparece forte e as pancadas ocorrem á partir da tarde.

No domingo, a chance de chuva é alta nos três Estados da região e no Distrito Federal. Na tarde e no começo da noite do dia 30 de dezembro, as áreas de instabilidade espalham nuvens carregadas de chuva pancadas podem ser fortes em alguns momentos. Não está descartado o risco de temporal em pontos isolados.

Na segunda-feira, por causa do forte aquecimento e da alta umidade do ar, as nuvens de chuva se formam com facilidade na maior parte da região, exceto no norte do Mato Grosso, onde chove a qualquer hora do dia. Há o alerta para o risco de chuva forte acompanhada de descargas elétricas em alguns momentos.

Na terça-feira, primeiro dia de 2013, a instabilidade mantem o tempo carregado na região e chove a qualquer hora no Mato Grosso do sul e centro-leste do Mato Grosso. Em Goiás e nas demais áreas do Centro-Oeste, o ar quente e úmido ajuda a formar nuvens de chuva e as pancadas ocorrem á partir da tarde em pontos isolados.

Região Nordeste
Nesta sexta-feira, as condições de chuva aumentam sobre o litoral da Bahia por causa de ventos úmidos que sopram do mar que ajudam a espalhar a umidade em muitas áreas da costa leste e norte do Nordeste. Nestas áreas, chove de forma rápida e isolada. Nas demais localidades da região, áreas de agreste e sertão, o ar quente e seco inibe a formação de nuvens de chuva, o sol aparece forte, faz calor e não chove.

No sábado e no domingo, a umidade que vem do oceano aumenta a nebulosidade sobre toda a costa leste do Nordeste e provoca chuva a qualquer hora ao longo do dia, mas não serão acumulados grandes volumes. No Maranhão, na maior parte do Piauí e no centro-sul do Ceará, o ar quente e úmido ajuda a formar nuvens de chuva e as pancadas ocorrem a partir da tarde em pontos isolados. Nas demais localidades nordestinas, o sol brilha forte, faz calor e não chove.

O dia 31 de dezembro de 2012 ainda será com muito sol, pouca ou nenhuma chuva nos Estados de Sergipe, Alagoas, Pernambuco, Paraíba, no Rio Grande do Norte e no Ceará. Nestes Estados, a virada para 2013 deve ser com calor e algumas nuvens, mas não deve chover. No Maranhão e no Piauí, as condições de chuva são maiores no dia 31 de dezembro de 2012, podendo até chover forte em áreas do sul dos dois Estados. Na Bahia, no último dia de 2012 pode chover rápido em várias localidades do litoral baiano, inclusive Salvador, mas o sol vai aparecer na maior parte do dia.

Na terça-feira, o calor e a alta umidade ajuda a formar nuvens de chuva na costa leste do Nordeste, que vai do sul da Bahia até João Pessoa, no oeste baiano, no Maranhão, maior parte do Piauí e do Ceará. Nestas áreas, chove fraco em pontos isolados. Pelo interior nordestino, o ar seco e quente inibe a formação de nuvens de chuva, o sol aparece forte e não chove.

Região Norte
O Norte do Brasil termina o ano 2012 com condições do tempo típicas do verão na região: sol, muitas nuvens e muitas pancadas de chuva. Durante o dia, em geral, as pancadas de chuva ocorrem junto com o sol e depois se prolongam pela noite. O tempo quente e úmido em todos os Estados mantém a sensação de abafamento o dia todo.

Na sexta-feira, áreas de instabilidade espalham nuvens carregadas sobre a maior parte da região. No Amazonas, no Acre e em Rondônia, a previsão é de chuva qualquer hora do dia intercalando períodos de sol. Em Roraima, no Pará, Amapá e no Tocantins, o tempo quente e úmido ajuda a formar nuvens de chuva e as pancadas ocorrem a partir da tarde. De acordo com os meteorologistas, não está descartada a possibilidade de temporal em pontos isolados.

No sábado, o tempo não muda muito na região. Na maior parte do Amazonas, no Acre e em Rondônia, as áreas de instabilidade provocam chuva a qualquer hora do dia. Nas demais áreas do Amazonas, inclusive em Manaus, no Pará, em Roraima, no Amapá e no Tocantins, as pancadas de chuva estão previstas á partir da tarde em pontos isolados. Não dá para descartar o risco de chuva forte em alguns momentos em pontos isolados.

No domingo, as áreas de instabilidade aumentam sobre o Norte do Brasil e chove a qualquer hora no Amazonas, em Roraima, sul de Rondônia, centro-leste do Pará e no Amapá. Nas demais áreas da região, o tempo quente e úmido ajuda a formar nuvens de chuva e as pancadas ocorrem principalmente entre à tarde e à noite.

Na noite do dia 31 de dezembro de 2012 e também no primeiro dia de 2013, as pancadas de chuva devem ocorrer em todo o Norte do Brasil. Nos Estados do Amapá, Roraima e no norte do Pará, incluindo as capitais Belém, Macapá e Boa Vista, as pancadas de chuva serão menos frequentes.

Já nas outras áreas do Amazonas e do Pará e em Rondônia, o tempo fica mais instável e acontece a qualquer hora do dia 31 de dezembro e no dia 1 de janeiro de 2013.

    Leia tudo sobre: previsão do tempoferiadoréveillonchuvasolano novo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG