PRF inicia operação de fim de ano; veja rankings de acidentes e multas no País

Até o dia 2 de janeiro, policiais rodoviários federais aumentam a fiscalização das rodovias. Colisão frontal é a principal causa das mortes nesta época do ano

iG São Paulo |

Agência Brasil
Polícia Rodoviária Federal vai aumentar a fiscalização nas estradas

A Polícia Rodoviária Federal inicia nesta sexta-feira (21) a 'Operação Fim de Ano', que tem o objetivo de aumentar a fiscalização nas rodovias federais por conta das festas de fim de ano. Durante a operação, que vai até a meia-noite do dia 2 de janeiro, a PRF vai reforçar a fiscalização de embriaguez ao volante, de excesso de velocidade e de ultrapassagens em locais proibidos.

No período de festas do ano passado, de 16/12 a 02/01, a PRF atendeu a 11 mil acidentes que feriram mais de seis mil pessoas e levaram a óbito outras 478. Em colisões frontais, que geralmente são resultado de ultrapassagens mal sucedidas, foram registradas 174 mortes, 36% do total. O segundo lugar em mortes foi ocupado pelo atropelamento de pedestres. Oitenta e quatro pessoas morreram atropeladas no período.

Feriado: 
Veja o que funciona no feriado de Natal
Fim de semana e feriado de Natal serão quentes e de chuva na maior parte do País
Confira o que abre e fecha no feriado de Natal no Rio de Janeiro
Veja o que abre e o que fecha no Natal em São Paulo

Veja abaixo o ranking das maiores causas de mortes nas rodovias federais durante o período de festas do ano passado:

TIPO DE ACIDENTE QUANTIDADE DE MORTOS
1 Colisão frontal 174
2 Atropelamento de pessoa 84
3 Colisão Transversal 43
4 Saída de Pista   36
5 Colisão lateral 33
6 Colisão traseira 27
7 Capotamento 20
8 Colisão com objeto fixo 18
9 Colisão com bicicleta 16
10 Queda de motocicleta / bicicleta / veiculo                                           16

No mesmo período, a PRF autuou 40 mil motoristas por ultrapassagens proibidas, outros 128 mil por excesso de velocidade. Além disso, mais de 12 mil pessoas foram flagradas dirigindo sem possuir carteira de habilitação e mais de 3.500 motoristas embriagados foram autuados e impedidos de seguir viagem.

Veja abaixo o ranking infrações cometidas pelos motoristas durante o período de festas do ano passado: 

INFRAÇÃO DE TRÂNSITO QUANTIDADE
1 Transitar em velocidade superior a máxima permitida em ate 20% 107.635
2 Ultrapassar pela contramão linha de divisão de fluxos opostos, continua amarela 40.238
3 Transitar em velocidade superior a máxima permitida em mais de 20% ate 50% 20.929
4 Deixar o condutor de usar o cinto segurança 18.093
5 Conduzir o veiculo registrado que não esteja devidamente licenciado 17.329
6 Transitar com o veiculo em acostamentos 12.760
7 Dirigir veiculo sem possuir CNH ou Permissão para Dirigir 12.247
8 Deixar o passageiro de usar o cinto segurança 6.548
9 Conduzir veiculo sem os documentos de porte obrigatório referidos no CTB 6.521
10 Conduzir o veiculo com equipamento obrigatório em desacordo com o Contran 5.763
11 Conduzir o veiculo com equipamento obrigatório ineficiente ou inoperante 4.832
12 Conduzir o veiculo em mau estado de conservação 4.702
13 Conduzir o veiculo sem equipamento obrigatório 3.861
14 Dirigir sob a influencia de álcool 3.584
15 Dirigir veiculo com validade da CNH vencida a mais de 30 dias 3.287
16 Estacionar nos acostamentos 3.239
17 Conduzir o veiculo com vidros totalmente cobertos por película, painéis/pintura 2.889
18 Transitar em velocidade superior a máxima permitida em mais de 50% 2.883
19 Conduzir o veiculo c/ equipamento de iluminação e de sinalização alterados 2.876
20 Ultrapassar pelo acostamento 2.650


    Leia tudo sobre: natalestradaspolícia rodoviaria federalacidentes

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG