Fim de semana será chuvoso em grande parte do Brasil

No Sudeste, uma frente fria vira o tempo no domingo. No Sul, o tempo fica chuvoso no sábado, mas no domingo o sol volta a aparecer

iG São Paulo |

O fim de semana será marcado por chuva em grande parte do Brasil. Um corredor de umidade que se formou no Norte do País ainda atua e espalha muitas nuvens carregadas de chuva por toda a região, inclusive em parte do Centro-Oeste.

Confira a previsão do tempo na sua cidade

No Sul, a passagem da frente fria mantém o tempo chuvoso no sábado, mas no domingo o sol volta a aparecer na maior parte da região. No Sudeste, a frente fria vira o tempo em São Paulo, Rio de Janeiro, sul de Minas Gerais, no domingo. No Nordeste, o tempo fica seco com muito calor em toda a faixa litorânea.

Veja abaixo a previsão para a sua região durante o fim de semana, segundo o Climatempo :

Região Sudeste:

Nesta sexta-feira, a massa de ar seco ganha força e o sol aparece em toda a região. Mas, no sul e no norte de Minas Gerais, no triângulo mineiro e nas áreas serranas do Rio de Janeiro, o calor e a umidade ajudam a formar nuvens de chuva e as pancadas ocorrem a partir da tarde de forma isolada. No leste paulista, a aproximação de uma frente fria espalha muitas nuvens e chove á partir da tarde. Segundo os meteorologistas da Climatempo, as pancadas podem ser com até forte intensidade acompanha de raios e rajadas de vento. Nas demais áreas, a massa de ar seco inibe a formação das nuvens de chuva e o sol brilha forte ao longo dia.

No sábado, o calor e alta umidade formam nuvens de chuva sobre o Rio de Janeiro, no Espírito Santo e em grande parte de Minas Gerais. Nestas áreas, o sol aparece e as pancadas ocorrem á partir da tarde. Em São Paulo e no triângulo mineiro, a passagem deste sistema espalha muitas nuvens e chove a qualquer hora do dia. Em algumas localidades do interior paulista e da capital, há risco de chuva forte acompanhada de descargas elétricas e fortes rajadas de vento.

No domingo, a instabilidade aumenta em São Paulo, no centro-sul do Rio de Janeiro e de Minas Gerais, inclusive no triângulo mineiro. Nestas áreas, são esperadas fortes pancadas de chuva em alguns momentos do dia. Na capital e no interior paulista, há possibilidade queda de raios e fortes rajadas de vento. De acordo com os modelos de previsão utilizados pelos meteorologistas da Climatempo, há risco de queda de granizo em pontos isolados de São Paulo.

Região Sul:

Nesta sexta-feira, o ar polar derruba a temperatura no estado gaúcho e grande parte das áreas do Sul do país terão mudanças significativas no tempo. A frente fria avança e aumenta a cobertura de nuvens sobre o Rio Grande do Sul, no sul e oeste de Santa Catarina e no sul do Paraná. Segundo a meteorologista da Climatempo, Daniele Otsuki, ainda há risco de temporal acompanhado de descargas elétricas e rajadas de vento. Pelo interior paranaense, chove á partir da tarde. No leste do estado, inclusive na Grande Curitiba, o ar seco e quente inibe a formação de nuvens de chuva.

No sábado, a entrada de uma nova massa de ar seco nas áreas gaúchas inibe a chuva nas áreas que fazem fronteira com o Uruguai. Na região da Grande Porto Alegre, chove principalmente no período da manhã e da tarde. No norte e nordeste gaúcho, em Santa Catarina e no Paraná a nebulosidade é maior. A Climatempo alerta para o risco de temporal acompanhado de descargas elétricas acompanhado de rajadas de vento.

No domingo, o dia amanhece com névoa no Rio Grande do Sul e no oeste de Santa Catarina, mas logo se dissipa e dá lugar ao sol. No Vale do Itajaí e em
Florianópolis, os ventos úmidos que sopram do oceano provocam chuva leve ao longo dia. Pelo interior paranaense, chove a qualquer hora de fraca a moderada intensidade. A Climatempo mantém o alerta para o risco de temporal acompanhado de descargas elétricas na Grande Curitiba.

Região Centro-Oeste:

Nesta sexta-feira, áreas de instabilidade associadas a um sistema de baixa pressão deixam o tempo instável no Mato Grosso do Sul e o risco de temporais não está descartado. Em Mato Grosso e no centro-leste de Mato Grosso do Sul, inclusive a capital Campo Grande, as pancadas podem ocorrer a qualquer hora do dia com até forte intensidade em alguns momentos. Em Goiás, no Distrito Federal e nas demais áreas de Mato Grosso do Sul, o sol aparece, faz calor e as pancadas de chuva estão previstas á partir da tarde.

No sábado, as condições para chuva forte se intensificam. No Mato Grosso do Sul, o dia amanhece nublado com chuva. A Climatempo alerta para o risco de temporal acompanhado de descargas elétricas e rajadas de vento a qualquer hora do dia. No Mato Grosso e em Goiás, o predomínio é de muitas nuvens com breves períodos de sol e chuva principalmente à tarde e à noite, que em alguns momentos podem ser fortes.

No domingo, as condições de chuva forte e volumosa aumentam no sul do Mato Grosso, de Goiás e no centro-norte do Mato Grosso do Sul. Nestas áreas, há risco de temporal com raios e fortes rajadas de vento. No sul de Mato Grosso do Sul e nas demais áreas da região, as pancadas de chuva ocorrem a qualquer hora do dia com até forte intensidade em alguns momentos.

Região Nordeste:

Na sexta-feira, a massa de ar seco inibe a formação de nuvens de chuva no litoral nordestino que vai de Salvador até São Luís. Nestas áreas, o sol aparece, faz calor e as temperaturas ficam elevadas em vários municípios. A Climatempo alerta para os baixos índices de umidade relativa do ar. No noroeste baiano, no oeste de Pernambuco, no interior do Rio Grande do Norte, no sul do Ceará, no centro-sul do Piauí e na maior parte do Maranhão, o calor e a alta umidade ajudam a formar nuvens de chuva e as pancadas ocorrem á partir da tarde em pontos isolados.

No sábado, o ar seco e quente mantém o tempo aberto e as altas temperaturas em Sergipe, Alagoas, Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte e no Ceará. No centro-sul do Maranhão e na maior parte do Piauí, as pancadas de chuva ocorrem a qualquer hora dia com até forte intensidade em alguns momentos. Nas demais áreas e no interior baiano, inclusive Ilhéus e Salvador, o sol aparece, faz calor e as pancadas de chuva são esperadas á partir da tarde. Em algumas áreas destas localidades, a umidade relativa do ar pode ficar abaixo dos 30%. Índice que representa nível de atenção de acordo com os padrões da Organização Mundial da Saúde.

No domingo, o ar seco e quente mantém o céu com poucas nuvens e favorece as altas temperaturas na faixa que vai de Salvador até São Luís. No interior do Maranhão, do Piauí, inclusive a capital Teresina, e no interior e no sul baiano, o sol aparece e as pancadas de chuva estão previstas á partir da tarde em pontos isolados. Nas demais áreas da região, chove a qualquer hora do dia com até moderada intensidade em alguns momentos.

Região Norte:

Nesta sexta-feira, o calor e alta umidade da região ajudam a formar nuvens de chuva sobre toda a região. No Acre, em Rondônia e no Amazonas, no sul do Pará e no centro-sul do Tocantins, as pancadas de chuva ocorrem a qualquer hora do dia com até forte intensidade em pontos isolados. Nas demais áreas da região, o sol aparece a maior parte do dia e as pancadas de chuva são esperadas á partir da tarde.

No sábado, o sol aparece em grande parte da região. No Tocantins, no centro-sul do Pará e no centro-leste de Rondônia, as pancadas de chuva ocorrem a qualquer hora do dia. Nas demais áreas de Rondônia e do Pará, no Acre, no Amazonas, Roraima e Amapá, o sol aparece, faz calor e a chuva está prevista á partir da tarde.

No domingo, nuvens carregadas crescem em todo o Norte do Brasil devido ao calor e ao excesso de umidade. A nebulosidade fica concentrada principalmente no centro-leste do Amazonas, no centro-sul do Pará e no Tocantins. Nestas localidades, chove a qualquer hora do dia de moderada a forte intensidade. Nas demais áreas, o sol aparece, faz calor e chove á partir da tarde.

    Leia tudo sobre: previsão do tempo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG