Bloqueios nas rodovias têm início nesta segunda-feira

Polícia rodoviária montou cinturão de proteção no entorno de São Paulo, sobretudo no limite com Mato Grosso do Sul, por onde entra a maior parte das drogas contrabandeadas

Agência Estado |

Agência Estado

Os governos federal e de São Paulo iniciam nesta segunda-feira (19) uma série de ações conjuntas, com destaque para o bloqueio nas divisas paulistas. O plano integrado de combate à violência se destina, segundo informou o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, a asfixiar o fluxo financeiro do PCC, montar um cinturão de contenção do tráfico em torno das fronteiras e isolar e enfraquecer bandidos para intensificar capturas.

A Polícia Rodoviária Federal ficou encarregada de coordenar a montagem, com forças policiais locais, do cinturão de proteção, sobretudo no limite com Mato Grosso do Sul, por onde entra a maior parte do contrabando, drogas e armas que alimentam o crime organizado. Segundo o ministro, a contenção de fronteira será "uma colaboração valiosa" que as forças federais darão ao esquema de segurança paulista.

Leia mais:
Em mais uma madrugada violenta, São Paulo registra ao menos 6 mortes
Ministério da Justiça quer bloqueador de celular para silenciar PCC
Cardozo diz que sistema prisional brasileiro é indigno

A blindagem do entorno paulista será feita em comum acordo com o governo estadual. "Vamos pegar o modal terrestre e criar um rigoroso esquema de fiscalização nos 14 pontos nevrálgicos de entrada, em ações conjuntas da PF e PRF com a polícia estadual e assim controlar o ingresso de armas, drogas e contrabando em São Paulo", explicou Cardozo. "Também exerceremos controle mais rígido nos aeroportos e portos", garantiu. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo

    Leia tudo sobre: pccataquesapolíciaataquesapoliciadrogas

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG