Curto-circuito em subestação no Tocantins pode ser causa de apagão

Operador Nacional do Sistema Elétrico acreditava que blackout no Norte e Nordeste teria sido causado por incêndio, mas já trabalha com a hipótese de falha em transformador

Nivaldo Souza - iG Brasília | - Atualizada às

O apagão enfrentado por moradores das regiões Norte e Nordeste na madrugada desta sexta-feira (25) teria sido causado por um curto-circuito em um transformador na subestação de transmissão de energia em Colinas, no Tocantins, conforme apurou o iG.

Técnicos vão ao Tocantins e Maranhão para investigar causa de apagão

Elétricas federais investem apenas 35% do previsto para transmissão em 2012

A falha na rede administrada pela Taesa, subsidiária da Cemig, causou o travamento do sistema de distribuição que liga Colina a Imperatriz, no Maranhão. A informação diverge da informação inicial de que um incêndio nas imediações da subestação tocantinense teria iniciado o apagão.

O Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) e o Ministério de Minas e Energia (MME) se reúnem hoje à tarde para confirmar o curto-circuito. Pela manhã, o ministro interino de Minas e Energia, Márcio Zimmermann, reconheceu que os desabastecimento recorrentes de energia “não são normais” e tem registrado “diminuição de confiabilidade”.

Este foi o segundo blackout de grandes proporções a afetar o Norte e o Nordeste em um mês. Em 23 de setembro, cerca de 5 milhões de pessoas ficaram sem luz nessas regiões, após falha no sistema em Imperatriz.

Brasília também tem enfrentado quebras frequentes no sistema elétrico. A sequência de cortes no fornecimento foi apontado hoje por Zimmermann como uma “diminuição de confiabilidade” no sistema elétrico nacional.

    Leia tudo sobre: apagãofalta de energiablackout

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG